10 dicas para esquecer um ex e evitar “recaídas perigosas”

Ultrapassar o fim de um relacionamento nem sempre é fácil e pode mesmo ser bastante complicado. Há comportamentos que deve evitar para conseguir seguir em frente e não ter recaídas.

10 dicas para esquecer um ex e evitar “recaídas perigosas”

10 dicas para esquecer um ex e evitar “recaídas perigosas”

Ultrapassar o fim de um relacionamento nem sempre é fácil e pode mesmo ser bastante complicado. Há comportamentos que deve evitar para conseguir seguir em frente e não ter recaídas.

Ultrapassar o fim de um relacionamento nem sempre é fácil e pode mesmo ser bastante complicado. Por mais resolvidos que possamos estar, e convictos de que esse foi o melhor passo a seguir, tirar a ex-namorada/o ou ex-mulher/marido da cabeça é talvez o processo mais complicado no meio disto tudo. Pequenos gestos a que não dávamos grande importância antes, podem mesmo trazer o sentimento de volta. Como evitá-lo? Não é fácil, mas o ParaEles reuniu algumas dicas que podem ajudar.

Leia depois
Este truque de dois segundos revela se deve acabar a relação (… continue a ler aqui)

Identificar os erros
Antes de mais, deve guardar alguns minutos para si, e refletir sobre o que correu mal no relacionamento. Muitas vezes, o fim trágico é apontado a apenas uma das partes, mas na grande maioria das vezes (senão sempre) a culpa é partilhada pelos dois. Deve analisar o que fez de menos bem e tentar mudar isso no futuro.

Não ler conversas antigas
É talvez uma das principais tentações depois do fim, na busca precisamos pelos erros que referimos acima, mas não vão ajudar a esquecer o problema. Mais do que isso, vão mantê-lo preso ao passado.

Corte todos os laços
Deve certificar-se que este foi mesmo o fim da relação e não um período menos bom por que passam. Se o fim é certo, deve em grande medida desligar-se de tudo o que ainda o envolva com a pessoa. Isto inclui as redes sociais. Uma grande tentação passa por acompanhar os perfis das ex nestas redes, e isso nunca poderá trazer algo de positivo, bem pelo contrário.

Não fique amigo
Cortar é mesmo cortar, se ainda existir sentimento, o melhor a fazer é mesmo não manter uma amizade. A tentação será grande e retirá-la da cabeça vai ser ainda mais complicado.

Os amigos são para as ocasiões
É tão importante saber dar conselhos, como é saber ouvir. Deve procurar “refugiar-se” juntos dos seus amigos, que muito provavelmente ficaram em segundo plano devido ao relacionamento, e procurar desabafar. Ao mesmo tempo, tente passar com eles por momentos que o façam esquecer a situação por que passa.

Não arranje desculpas para voltar a vê-la/o
Erro também comum, arranjar desculpas para que, de certa forma, voltem a encontrar-se? Quer devolver algo? Por que não pedir esse favor a um amigo em comum?

Defina um perfil
Se acredita que a ex o enganou completamente, que não era bem a pessoa que procurava, deve procurar formar um perfil na sua cabeça da pessoa que quer para o seu lado. Isto antes, claro, de procurar conhecer novas pessoas.

Não pergunte pela ex
Já dizia o ditado popular: “a curiosidade matou o gato”. É tentador, nós sabemos, mas não tente saber da sua ex. Com quem anda ou como reagiu ao fim.

Saia de casa
Tem que se abstrair, e ficar em casa não pode ser uma solução. Procure passear com amigos, conhecer novos lugares, fazer coisas que já queria fazer há muito tempo e que não fez por estar a namorar.

Stalker? Nunca
Apagou-a das redes sociais, mas continua a ver o que ela faz por lá? Visita locais na esperança de encontra-la? Não faça isso. Não vai esquecê-la e pode ser acusado de stalker.

Foto: mari lezhava on Unsplash

Impala Instagram


RELACIONADOS