Teresa Guilherme rompe silêncio sobre afastamento do Big Brother

Teresa Guilherme diz o que sente por ter sido ‘trocada’ por Cláudio Ramos e Manuel Luís Goucha na apresentação do Big Brother. E mostra disponibilidade para trabalhar noutros canais: “Quem me quiser convidar, convide”.

Teresa Guilherme rompe silêncio sobre afastamento do Big Brother

Teresa Guilherme diz o que sente por ter sido ‘trocada’ por Cláudio Ramos e Manuel Luís Goucha na apresentação do Big Brother. E mostra disponibilidade para trabalhar noutros canais: “Quem me quiser convidar, convide”.

Teresa Guilherme falou, finalmente, sobre o Big Brother e o facto de ter sido ‘trocada’ por Manuel Luís Goucha e por Cláudio Ramos na condução da atual temporada do programa. Até então, a apresentadora não tinha feito qualquer comentário sobre o caso. Mas, agora, a uma revista semanal, Teresa Guilherme abre o coração para dizer o que sente por não ter sido escolhida para conduzir o formato. “Antes, sentia que era meu, mas agora já não. E dizia-o, porque fiz muitos seguidos. Primeiro o ‘Big Brother’, depois a ‘Casa dos Segredos’. Havia aquele sentimento de posse”, começa por dizer.

“Além disso, o programa já é outro. Passaram 20 anos desde que isto começou… As coisas evoluem, já não o sinto meu”, diz ainda Teresa Guilherme à TV Guia, reconhecendo que viveu “experiências maravilhosas” neste género de programas da vida real: “Será sempre um formato pelo qual tenho uma ligação afetiva, por causa do nome, mas a última vez foram sete meses seguidos e acho que já está”.

Leia depois
Teresa Guilherme realiza sonho e vai para a faculdade tirar um curso

Teresa Guilherme garante que não está triste

Sobre Cláudio Ramos, Teresa Guilherme afirma: “Adorei trabalhar com o Cláudio e agora [o ‘Big Brother’] está bem entregue”. Já sobre o seu estado de espírito por ter sido ‘trocada’, a apresentadora garante que não está triste: “Não. Se fosse eu a apresentar, seria. Não sou, tudo bem. Não há problema”.

Ainda assim, Teresa Guilherme mostra-se disponível para trabalhar, seja na TVI, na SIC ou na RTP. “Quem me quiser convidar, convide. Sei fazer, apresentar, mas se vier outra coisa qualquer, também pode ser. Eu é que já não vou atrás. Tenho muito que fazer”, afirma.

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Reprodução redes sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS