Melhor amigo de Lady Di revela: «Estaria muito desgostosa com o Megxit»

Roberto Devorik, o melhor amigo da princesa Diana, confessa que a mãe de Harry estaria muito desgostosa com a “saída” do filho da realeza.

Melhor amigo de Lady Di revela: «Estaria muito desgostosa com o Megxit»

Melhor amigo de Lady Di revela: «Estaria muito desgostosa com o Megxit»

Roberto Devorik, o melhor amigo da princesa Diana, confessa que a mãe de Harry estaria muito desgostosa com a “saída” do filho da realeza.

Meghan Markle e o príncipe Harry abdicaram recentemente dos deveres reais, notícia que abalou o Reino Unido e os fãs da Casa Real britânica. Depois de uma longa reflexão, os duques de Sussex decidiram afastar-se da realeza, tornar-se financeiramente independentes e dividir o seu tempo entre Inglaterra e o Canadá.

Apesar de todas as críticas de que têm sido alvo, muitos foram os fãs do casal mais polémico da família real britânica que elogiaram a decisão e afirmaram que a princesa Diana, que ficou conhecida pelo seu espírito irreverente e rebelde, estaria orgulhosa do filho mais novo. No entanto, Roberto Devorik, o melhor amigo de lady Di, rompe com essa teoria e numa entrevista à revista Hola confessa que a «princesa do Povo» estaria «muito desgostosa» com o “Megxit”.

«Não posso pôr palavras na boa dela, porque lamentavelmente ela já não está entre nós, mas penso que Diana estaria muito desgostosa com o “Megxit”. Ela queria que os seus filhos fossem membros da realeza, queria que o William fosse rei de Inglaterra e que Harry fosse um grande apoio para o irmão. Muitos não sabem, mas a Diana era uma mulher muito disciplinada e cumpria sempre as suas funções. Conhecendo-a, sei que não estaria contente com a ideia de um dos seus filhos pôr de lado as suas obrigações», revelou Roberto Devorik.

«Pensava que ia para um estúdio gravar um novo filme, mas Buckingham não é Hollywood»

Na mesma entrevista, o melhor amigo de lady Di admitiu que chegar à Casa Real não deve ter sido fácil para Meghan.

«Entrar para aquela família requer lidar com milhões de regras e normas muito explícitas, creio que ela não estava nem disposta nem capaz de aceitar todas as regras. Pensava que ia para um estúdio gravar um novo filme, mas Buckingham não é Hollywood. Ela queria ser protagonista e rapidamente deu conta que ali o seu papel seria secundário», contou.

Roberto Devorik fez ainda questão de referir que o príncipe Harry sempre foi «um menino muito gracioso, seguro de si e com uma ponta de rebeldia»: «Sempre gozou de mais liberdade que o seu irmão. A Diana sempre me disse: “se não me engano, o Harry não vai ter problemas nenhum e vai chegar longe”. Ela sempre pensou que o William era mais frágil… mas afinal estava equivocada.»

«Estão a dar um passo atrás porque ela [Meghan] não está disposta… »

Questionado sobre se a atitude de Harry será uma espécie de «vingança» por tudo o que aconteceu à sua mãe, Robert Devorik revelou que não acredita que se trate de uma vingança, mas sim da incapacidade de Meghan de suportar o peso da Coroa. «Estão a dar um passo atrás porque ela [Meghan] não está disposta… Entrar na coroa pode ser relativamente fácil, mas sair é muito difícil. São como uma empresa, mas mais elegantes», afirmou, acrescentando que a Casa Real já estava à espera desta decisão, só não esperavam que fosse tomada de forma tão «brusca.»

«Quando o príncipe Harry disse à rainha Isabel II que queria casar-se com Meghan, a rainha sugeriu que o seu neto pensasse melhor. Não é segredo que o Harry é o neto preferido da monarca, ela quis dar-lhe tempo para ele repensar. Ele tirou esse tempo para refletir e decidiu seguir em frente. Desde então, a ideia de se tornar independente tem estado presente na sua cabeça», terminou.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: Reuters

 

Impala Instagram


RELACIONADOS