Meghan e Kate obrigadas a unirem-se para salvar a família real

Meghan Markle e Kate Middleton têm a difícil tarefa de «salvar a família real britânica». As duquesas britânicas precisam de se unir e apoiar a rainha Isabel II.

Meghan e Kate obrigadas a unirem-se para salvar a família real

Meghan Markle e Kate Middleton têm a difícil tarefa de «salvar a família real britânica». As duquesas britânicas precisam de se unir e apoiar a rainha Isabel II.

Meghan Markle e Kate Middleton são a «esperança» dos britânicos para «salvar a família real». A especialista em realeza, Katie Nicholl, garante que com a possível aposentação da rainha Isabel II, quando completar 95 anos, as duquesas de Cambridge e de Sussex vão ter responsabilidades acrescidas.

LEIA DEPOIS

Os milhões da família real britânica

Fontes próximas da Casa Real revelam que a rainha Isabel II vai retirar-se daqui a 18 meses

Recentemente, fontes próximas da Casa Real revelaram que a monarca deverá retirar-se dos serviços públicos daqui a 18 meses, altura em que completa 95 anos, tal como o seu marido, o príncipe consorte Filipe de Edimburgo, fez quando completou a mesma idade. É nessa altura que o príncipe Carlos vai assumir a coroa do Reino Unido e William e Kate vão passar a ser os sucessores diretos do trono.

Saída da rainha de Inglaterra vai forçar Meghan e Kate a estreitarem laços

Katie Nicholl considera que a saída da rainha de Inglaterra dos serviços públicos «forçará» Meghan Markle, de 38 anos, e Kate Middleton, de 37, a trabalharem juntas e a estreitar laços, algo que a duquesa de Cambridge parece já ter começado a fazer, uma vez que tem procurado a mulher do príncipe Harry e tem sido um grande apoio nesta fase difícil para a mãe de Archie.

«Kate é uma verdadeira ‘pacificadora’»

Em setembro, os duques de Sussex viajaram até à África do Sul, naquele que foi o primeiro compromisso real de Archie, de sete meses. A estadia de Meghan e Harry no continente africano deu origem ao documentário Uma Aventura Africana, transmitido pela ITV, que se tornou um dos mais polémicos deste ano. Isto porque Meghan revelou não estar a conseguir lidar com a pressão mediática de que tem sido alvo e porque Harry confessou que a relação com o irmão mais velho já tinha tido melhores dias: os dois estão, segundo o filho mais novo da princesa Diana, «em caminhos diferentes» e que têm «dias bons e maus».

Estas revelações deixaram a rainha Isabel II bastante irritada com o neto. Segundo a especialista, Kate Middleton conseguiu acalmar os ânimos. «Kate é uma verdadeira ‘pacificadora’. Está na família há mais tempo que Meghan e tem uma tendência natural para tentar integrar a cunhada e para trabalhar em equipa», explicou Katie.

Duquesa está a fazer de tudo para que a imagem da família real britânica seja a melhor

A tarefa que Meghan e Kate têm nas mãos não é fácil, mas Katie Nicholl afirma que a duquesa de Cambridge está a fazer de tudo para que a imagem da família real britânica seja a melhor. Para isso, Katie admite que a mulher do príncipe William é bem capaz de fazer um pacto com a mãe de Archie para que as duas trabalhem em conjunto e se aproximem.

Texto: Mafalda Mourão

LEIA MAIS

Depressão Elsa | Suspensas ligações de barco entre Lisboa e Margem Sul

Impala Instagram


RELACIONADOS