Duques de Sussex gastam fortuna no primeiro mês a viver no Canadá

Meghan e Harry gastam uma fortuna no primeiro mês a viver em Vancouver e preparam mudança para casa de 11 milhões de euros.

Duques de Sussex gastam fortuna no primeiro mês a viver no Canadá

Meghan e Harry gastam uma fortuna no primeiro mês a viver em Vancouver e preparam mudança para casa de 11 milhões de euros.

Meghan e Harry estão a viver no Canadá há cerca de um mês e estão a ser alvo de críticas pela aparente vida milionária que estão a levar. Os duques de Sussex, que no início de janeiro abdicaram dos deveres reais e quiseram tornar-se financeiramente independentes, já gastaram uma fortuna desde que se mudaram para uma ilha em Vancouver.

LEIA DEPOIS
Meteorologia: Previsão do tempo para quarta-feira

6 milhões de euros no primeiro mês

O necessário reforço de segurança, os gostos e gastos excêntricos de Meghan em apenas um mês já ultrapassam os 6 milhões de euros, segundo a revista In Touch.

«Só no primeiro mês, entre aumento de segurança, todo o processo de mudança e os gostos excêntricos de Meghan, eles tiveram gastos excessivos, perto dos seis milhões de euros. A diferença é que agora já não estão a receber a mensalidade da rainha e rapidamente vão ter de encontrar formas de se sustentarem», diz uma fonte, acrescentando que este já tem sido motivo de divergência entre o casal.

Para já, Meghan e Harry estão a viver numa casa alugada, mas estão de olho numa mansão para comprar no valor de 11 milhoes de euros.

Para sustentar o novo (e milionário) estilo de vida, a imprensa avança que o casal está a apostar em fazer fortuna no Estados Unidos, onde mantém amizades com estrelas como Jennifer Lopez e o noivo desta, Alex Rodriguez, Ellen DeGeneres ou Oprah Winfrey.

Aliás, o primeiro evento público a que os duques compareceram foi precisamente em Miami. Estiveram no exclusivo encontro organizado pelo gigante financeiro JP Morgan e terão arrecadado cerca de 500 mil euros.

No Reino Unido, o casal fechou as portas do gabinete do palácio de Buckingham e despediu 15 funcionários, alguns com bastante antiguidade no posto. «De um dia para o outro ficaram a saber que já não contavam com eles. Uma minoria vai manter-se a trabalhar no palácio para a rainha, mas a maioria ficou sem trabalho», diz uma fonte.

E assim, Meghan e Harry vão cortando as raízes com Inglaterra (o que tem deixado o irmão William muito desiludido e a rainha Isabel II muito triste) e prosseguindo com a nova vida no Canadá.

Texto: Inês Neves

LEIA MAIS
Grávida de sete meses, Débora Monteiro revela sexo dos bebés

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS