Quando Isabel II morrer, o Governo britânico tem tudo preparado

O envelhecimento da monarca, que conta já com 92 anos, tem preocupado não só a população, como todo o Governo britânico.

Quando Isabel II morrer, o Governo britânico tem tudo preparado

O envelhecimento da monarca, que conta já com 92 anos, tem preocupado não só a população, como todo o Governo britânico.

É algo que há muito tempo vem a ser planeado, e, com o avançar da idade da monarca, tem vindo a preocupar o Governo britânico.

Este domingo, 1 de julho, vários ministros do Governo de Theresa May estiveram reunidos para ensaiar aquele que é chamado o D+1, o dia seguinte à morte da rainha Isabel II.

A reunião decorreu na avenida Whitehall, onde está localizada a sede do Governo, e contou ainda com a presença de vários elementos das autoridade britânica que ensaiaram o dia seguinte, bem como a comunicação da sua morte ao país por parte da primeira-ministra.

LEIA TAMBÉM: Livro revela apetite sexual de Isabel II e britânicos estão em choque

De acordo com o The Sunday Times, esta reunião foi presidida por David Lidington, adjunto de Theresa May e toda a ação protocolar foi feita numa escala «sem precedentes».

«Esta é a primeira vez que diferentes ministros se juntam numa sala. Anteriormente, eram apenas funcionários», começa por dizer fonte ao referido jornal.

Ainda assim, o The Sunday Times revela que a reunião não se deveu ao estado de saúde da rainha, que no mesmo dia cancelou um compromisso oficial por estar doente, mas sim devido ao «processo de envelhecimento» de Isabel II.

«A rainha não se sente bem e decidiu não comparecer», revela comunicado do Palácio de Buckingham.

Fotos: Reuters

Impala Instagram


RELACIONADOS