Isabel II abandona Palácio de Buckingham e está cada vez mais perto de deixar a Coroa

A rainha Isabel II e Filipe de Edimburgo vão deixar em definitivo o Palácio de Buckingham, que passa a ser apenas utilizado para reuniões, compromissos oficiais e outros eventos.

Isabel II abandona Palácio de Buckingham e está cada vez mais perto de deixar a Coroa

Isabel II abandona Palácio de Buckingham e está cada vez mais perto de deixar a Coroa

A rainha Isabel II e Filipe de Edimburgo vão deixar em definitivo o Palácio de Buckingham, que passa a ser apenas utilizado para reuniões, compromissos oficiais e outros eventos.

A rainha Isabel II e Filipe de Edimburgo deverão mudar-se durante uns tempos para  residência em Sandringham, Norfolk, em setembro e deixar em definitivo o Palácio de Buckingham.

Segundo um porta-voz da Casa Real, «A rainha e o duques de Edimburgo partem do Castelo de Balmoral na próxima semana para passar uma temporada em Sandringham. A intenção da Sua Majestade é regressar ao Castelo de Windsor no final de outubro e o uso do Palácio de Buckingham passa a ser para eventos públicos e compromissos oficiais.»

Atualmente em Balmoral, a passar as habituais férias de verão, a rainha Isabel II e o marido surpreenderam os fãs da realeza com a viagem inesperada para Norfolk, onde o duque de Edimburgo, de 99 anos, cumpriu o confinamento obrigatório imposto pelo estado de emergência por causa da covid-19. Não se sabe ao certo se Filipe vai regressar a Windsor juntamente com a rainha ou se irá permanecer em Sandringham até ao Natal, onde a família real se reúne na mesma propriedade para passar as férias de inverno.
É também uma incógnita qual será a residência escolhida pela rainha Isabel II e por Filipe de Edimburgo para viverem nos próximos tempos, mas a decisão de deixar o Palácio de Buckingham e de este passar a ser apenas utilizado para reuniões, eventos e compromissos oficiais é definitiva, embora esteja sujeita a «revisão e a orientações e conselhos relevantes», tal como refere o porta-voz da Casa Real.

Filipe de Edimburgo nunca quis mudar-se para o Palácio de Buckingham

Depois de se casarem, a rainha Isabel II e Felipe de Edimburgo viveram durante alguns anos na Clarence House. No entanto, quando a monarca assumiu a Coroa de Inglaterra, o casal real mudou-se para o Palácio de Buckingham, tal como exigia o protocolo real, mas contra a vontade do duque de Edimburgo, que queria continuar a residir naquela que é hoje a residência oficial do príncipe Carlos e de Camilla.

Esta decisão da rainha de deixar em definitivo o Palácio de Buckingham deverá estar associada ao facto de a monarca estar a ponderar abdicar da Coroa nos próximos anos e passar todas as responsabilidades para o filho, o príncipe Carlos. Quem também estará satisfeito com esta mudança e Filipe de Edimburgo, que renunciou aos deveres reais em 2017 e que nunca quis morar em Buckingham.

Nos próximos dias, a rainha e o marido vão deixar a Escócia. A partir de dia 3 de outubro a residência de Balmoral, que vai ficar «livre» quando a monarca e o duque de Edimburgo viajarem para Sandringham, vai ter visitas guiadas e exposições, tal como anunciou o site do Palácio de Buckingham.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: Reuters

 

Impala Instagram


RELACIONADOS