Carlos III terá de pagar renda anual de mais de 800 mil euros ao filho William

Após ser proclamado rei, Carlos passou a ter de pagar ao filho mais velho, William, uma renda anual de mais de 800 mil euros. Entenda o porquê desta situação insólita.

Carlos III terá de pagar renda anual de mais de 800 mil euros ao filho William

Após ser proclamado rei, Carlos passou a ter de pagar ao filho mais velho, William, uma renda anual de mais de 800 mil euros. Entenda o porquê desta situação insólita.

O rei Carlos III vai ter de pagar uma renda anual no valor de 700 mil libras (cerca de 800 mil euros) para continuar a viver no Palácio de Highgrove, localizado em Gloucestershire. E segundo o The Sun, o aluguer terá de ser pago ao filho mais velho, o príncipe William. Isto acontece porque o palácio, na realidade, não pertence nem a um nem a outro, mas sim ao detentor dos títulos Príncipe de Gales e Duque da Cornualha, que eram de Carlos. Mas quando assumiu a coroa britânica, o novo rei passou os títulos para o primogénito, primeiro na linha de sucessão ao trono da família real britânica.

Para ler depois
Meghan Markle acusada de ser “sociopata narcisista” e de ameaçar Harry

A propriedade, comprada em 1980, conta com 128 mil hectares. Nos primeiros anos de casado com Diana, era esta a sua casa de eleição para passar os fins-de-semana em família. No entanto, a princesa nunca mais lá voltou após a separação, em 1992. O palácio será, ainda, o preferido do monarca para passar férias. Carlos e Camilla terão, inclusive, lá ficado hospedados após o funeral da rainha Isabel II.

Outros patrimónios imobiliários, em Dartmoor e no sul de Londres, que pertenciam a Carlos, foram também agora herdados pelo príncipe William com a transferência de títulos. Segundo o Daily Mail, esta herança fez do novo príncipe de Gales o maior proprietário privado do Reino Unido, com uma participação de 1,2 bilhões de libras. Do espólio de propriedades agora pertencentes a William fazem parte várias quintas, empreendimentos habitacionais, sete castelos, florestas, costas e propriedades comerciais.

Fotos: D.R.

Impala Instagram


RELACIONADOS