Zulmira Ferreira apoiada por Tony Carreira após morte do filho

Zulmira Ferreira marcou presença no Casa Feliz, da SIC, naquela que foi a primeira entrevista que deu depois da morte de Eddie Ferrer. “Agora só me sinto bem ao pé de pessoas que perderam os filhos”, disse.

Zulmira Ferreira apoiada por Tony Carreira após morte do filho

Zulmira Ferreira marcou presença no Casa Feliz, da SIC, naquela que foi a primeira entrevista que deu depois da morte de Eddie Ferrer. “Agora só me sinto bem ao pé de pessoas que perderam os filhos”, disse.

Zulmira Ferreira regressa esta quarta-feira, 14 de dezembro, ao trabalho como comentadora no Passadeira Vermelha, da SIC Caras, cerca de três semanas depois da morte do filho, o DJ Eddie Ferrer. Mas, antes, a mulher de Jesualdo Ferreira marcou presença no Casa Feliz, da SIC, e falou pela primeira depois do pior momento da sua vida.

Para ler depois
Ivo Lucas acusado de homicídio negligente faz pedido ao tribunal
Ivo Lucas está acusado de homicídio negligente no caso da morte de Sara Carreira. No decorrer do processo, fez um pedido ao tribunal (… continue a ler aqui)

Zulmira Ferreira apoiada por Tony Carreira após morte do filho
“Não está a ser fácil estar aqui agora”, diz Zulmira Ferreira, que perdeu o filho há três semanas

“Não está a ser fácil estar aqui agora. Só me apetece estar sozinha. Mas voltar [ao trabalho] vai fazer-me bem”, começou por afirmar a João Baião e a Diana Chaves, que a receberam neste duro e inultrapassável momento. Zulmira Ferreira desabafou ainda que com a morte do filho perdeu o sentido da vida. “Perdi tudo, é como perder a vida. Agora não tenho objetivos e não sei como vai ser a minha vida no futuro. Nunca vou esquecer o meu filho, ele está cá, eu acredito que ele está comigo”.

E embora tenha o apoio de toda a família e amigos, a empresária assumiu que só quer falar com outros pais que perderam os pais. E Tony Carreira e Fernanda Antunes têm sido essenciais neste momento difícil da vida. “Tive uma pequena conversa com o Tony Carreira e com a Fernanda. Ainda hoje recebi duas mensagens maravilhosas dele. São essas pessoas que, neste momento, eu quero ouvir e com quem posso desabafar. Agora só me sinto bem ao pé de pessoas que perderam os filhos”, disse.

Marido forçado a regressar ao trabalho

Desde a morte do filho que Zulmira Ferreira só se sente bem sozinha e é assim que tem estado desde que Jesualdo Ferreira voltou para o Cairo, no Egito, onde é treinador de futebol. E foi ele mesmo que impulsionou a companheira de longa data a regressar ao trabalho. “Não foi fácil [tomar essa decisão] mas o meu marido foi uma das pessoas que mais me impulsionou, que deu-me força. Eu até sei que ele falou com a Liliana [Campos] para puxarem por mim. Hoje voltou ao ‘Passadeira Vermelha’ e devo muito ao meu marido. Ele foi o primeiro a dizer que tinha de voltar o mais depressa possível”, afirmou.

E embora não fosse o pai biológico de Eddie Ferrer, Zulmira contou que Jesualdo Ferreira também está de rastos com a morte do enteado. “Ele está sempre comigo, é o meu melhor amigo, companheiro e foi o melhor pai mesmo não sendo pai. Ele está desfeito, não está a ser fácil. Eu queria muito estar com ele mas ele tem de continuar a vida profissional”, disse.

Zulmira Ferreira passa Natal sozinha

Com Jesualdo Ferreira no Egito e com um jogo marcado para 25 de dezembro, Zulmira Ferreira vai passar as festas de final de ano sozinha. “Agora agradeço estar sozinha. Estou muito revoltada. Eu adorava o Natal e agora mexe muito comigo ver as decorações. Prefiro estar no meu canto sozinha a ver e ouvir as coisas dele. O Eddie era muito alegre. Vê-lo e ouvi-lo faz parecer que ele está comigo”, disse.

Texto: Carolina Marques Dias;
Fotos: Redes sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS