Ministério Público quer mais pormenores do desaparecimento de Zé do Pipo

Zé do Pipo foi visto pela última vez de 5 para 6 de novembro de 2018. O carro do cantor foi encontrado abandonado numa praia de Peniche

Ministério Público quer mais pormenores do desaparecimento de Zé do Pipo

Zé do Pipo foi visto pela última vez de 5 para 6 de novembro de 2018. O carro do cantor foi encontrado abandonado numa praia de Peniche

O Ministério Público (MP) insiste em apurar mais pormenores e testemunhos no caso de desaparecimento de Zé do Pipo. O cantor, de 40 anos, foi visto pela última vez de 5 para 6 de novembro de 2018.

Segundo o Correio da Manhã, o MP quer um relato detalhado de todas as ações de busca e investigação com o objetivo de «averiguar a existência de indícios de crime – de homicídio, rapto ou sequestro». O procurador apresentou, de acordo com a mesma publicação, recurso no Tribunal da Relação de Coimbra contra a decisão do juiz de instrução criminal de Leiria que recusa o acesso aos registos da operadora do telemóvel de Zé do Pipo. Estes são para o MP fundamentais para detalhar o trajeto do cantor. «É o único meio que temos disponível para verificar até onde foi a vítima», refere o MP, citado pelo diário.

Zé do Pipo saiu para ir à farmácia e ao banco

Zé do Pipo desapareceu em novembro do ano passado, 2018, junto à praia de Peniche, onde foram encontrados a viatura e os documentos. As buscas pelo artista terminaram e nunca se chegou a saber o que aconteceu.

O processo em tribunal descreve que Zé do Pipo saiu de sua casa, na aldeia do Vau, em Óbidos, pelas 14h de dia 5 de novembro. Terá dito à mulher que ia ao banco e à farmácia e, a seguir, nunca mais ninguém soube do seu paradeiro. Duas horas depois, a mulher ligou-lhe, mas o aparelho já estava desligado. A família começou a procurá-lo primeiro em Óbidos, onde vivia, depois em Peniche, na zona dos pais.

Telemóvel dá sinal após desaparecimento do cantor

Madrugada dentro, o pai do artista continua em busca do filho. «Era meia-noite e dois minutos quando o telemóvel ativa. Ficámos todos com uma esperança, porque alguém teve de o ativar», recorda Carlos à publicação.

Foram enviadas várias mensagens e feitas inúmeras chamadas, mas para além do sinal de ligado, nada. É só ao amanhecer que é encontrado o carro.

LEIA MAIS
Najila Trindade despejada caso não pague renda em atraso até esta terça
Registo das últimas chamadas do artista apagado

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS