Tragédia O abraço dos bombeiros que salvou vidas

Como os soldados da paz de Castanheira de Pêra evitaram que o número de mortes fosse ainda maior

Tragédia O abraço dos bombeiros que salvou vidas

Tragédia O abraço dos bombeiros que salvou vidas

Como os soldados da paz de Castanheira de Pêra evitaram que o número de mortes fosse ainda maior

O incêndio do último fim-de-semana foi o mais trágico de que há memória em Portugal. Mas a tragédia ainda poderia ser maior, não fosse o apoio dos bombeiros. A TVI revelou, esta quinta-feira, como o ato heroico de quatro bombeiros salvou a vida de várias pessoas. João Oliveira, médico dos bombeiros de Castanheira de Pêra, contou no Jornal das 8 que um grupo de soldados da paz esteve envolvido num acidente de viação. O carro dos bombeiros ficou impedido de circular, mas, mesmo assim, o grupo tentou salvar as pessoas. No meio das chamas da estrada, “aperceberam-se que havia civis no local e tentaram socorrê-los”. 

“Abraçando-se uns aos outros, e com uma placa de localização de trânsito, com as pessoas no meio deles, conseguiram safar essas pessoas. Muitas delas chegámos a tê-las no centro de saúde e outras estão bem e nem ao centro de saúde foram.”  Um dos bombeiros deste ato heroico foi Gonçalo Assa, que acabou por morrer. Os outros estão feridos. 

Foto: Impala  

As mais lidas do momento:

Veja mais aqui! www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS