‘Crómio’ dos Morangos revela que sofreu de preconceito por causa da altura

Tiago Castro, o eterno Crómio da série juvenil Morangos com Açúcar, da TVI, foi entrevistado por Manuel Luís Goucha.

‘Crómio’ dos Morangos revela que sofreu de preconceito por causa da altura

Tiago Castro, o eterno Crómio da série juvenil Morangos com Açúcar, da TVI, foi entrevistado por Manuel Luís Goucha.

Tiago Castro, o eterno Crómio da série juvenil Morangos com Açúcar, da TVI, foi entrevistado por Manuel Luís Goucha no programa da tarde do canal de Queluz de Baixo, esta quinta-feira, 2 de dezembro. Durante uma conversa intensa, para a qual se fez acompanhar pela mulher, Marine Antunes, o ator, de 38 anos, falou sobre o preconceito que sofreu nos tempos da adolescência devido ao seu tamanho. “Senti realmente preconceito em relação a mim, mas bullying tive muita sorte. Quando era criança tive uma ou duas situações em que tivesse sentido isso”, recordou.

«Quando fores mais alto…»

“O preconceito traduzia-se na vida social, logo com 15 anos quando entrei na escola de teatro. Quando comecei a perceber que seria condicionante. ‘Quando fores mais alto é que vais ser um pão, pá’. O preconceito traduziu-se dessa forma”, explicou Tiago Castro. Apesar disso, mostrou ser um homem confiante, uma vez que ser ator é o seu modo de estar na vida. “Faziam eclodir em mim algo que me fazia maior. Agiganto-me em palco. Não importa a minha altura, mas o que estou a sentir. E isso serviu-me para não julgar os outros”, confessou.

Sobre o mítico Crómio – Valter Matoso -, personagem que o tornou conhecido em 2005, Tiago Castro reconhece a sua importância na sua vida. “Foi muito importante eu ter vivido o Crómio. Ter passado a mensagem de que uma pessoa que seja diferente na sua maneira de estar e fisicamente, pode também ser atrativa. As pessoas gostavam do Crómio”, rematou.

 

Texto: Joana Dantas Rebelo; Fotos: redes sociais

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS