Concorrentes infetados com covid-19 obrigam a adiar final do The Voice

A final do “The Voice Portugal”, da RTP1, que se deveria realizar este domingo, 23 de janeiro, foi adiada. Alguns dos concorrentes do programa estão infetados com COVID-19. Conheça a nova data.

Concorrentes infetados com covid-19 obrigam a adiar final do The Voice

Concorrentes infetados com covid-19 obrigam a adiar final do The Voice

A final do “The Voice Portugal”, da RTP1, que se deveria realizar este domingo, 23 de janeiro, foi adiada. Alguns dos concorrentes do programa estão infetados com COVID-19. Conheça a nova data.

A final do “The Voice Portugal” estava marcada para este domingo, 23 de janeiro, mas a pandemia de COVID-19 trocou as voltas à RTP1. A estação pública enviou um comunicado às redações, onde explica o que aconteceu. “A Final do ‘The Voice Portugal’, prevista para este domingo, não será emitida, em virtude de alguns finalistas terem testado positivo à COVID-19”, lê-se. “Assim, em sua substituição, será emitido o programa especial que assinalou os 10 anos do The Voice Portugal”, anuncia a RTP1.

“A Final do formato terá lugar apenas dentro de duas semanas, no dia 6 de fevereiro, devido ao facto de no dia 30 de janeiro decorrerem as Eleições Legislativas 2022”, remataram.

De recordar que a lutar pelo primeiro prémio estão: Mariana Rocha, da equipa da mentora Áurea; João Leote, da equipa de Marisa Liz; Rodrigo Lourenço, da equipa de António Zambujo; e Daniel Fernandes e Edmundo Inácio da equipa de Diogo Piçarra.

Polémica em “The Voice Portugal”: RTP1 acusada de violar regulamento do concurso

O programa “The Voice Portugal” é acusado de ter violado o regulamento do concurso. Tudo aconteceu depois de um dos concorrentes, Rui Pedro, ter falhado a gala de 26 de dezembro por ter testado positivo à COVID-19. Devido à impossibilidade de o jovem estar na gala, em direto, a produtora permitiu que fossem transmitidas as imagens do ensaio geral para que este se mantivesse na competição.

Rui Pedro, que fazia parte da equipa de Aurea, foi escolhido para seguir em frente em “The Voice Portugal”, mas esta conquista do concorrente não agradou a todos. A advogada Lucília M. foi uma das vozes que se insurgiu contra o programa da RTP1 e, através de e-mail, denunciou o caso.

Leia mais aqui.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS