Suspensa licença de clínica Onde Carolina Patrocínio fez tratamento

A Entidade Reguladora da Saúde (ERS) suspendeu a licença de funcionamento de uma clínica que vendia tratamentos com injeções de vitaminas, em Lisboa. A Ordem dos Médicos já tinha pedido para o estabelecimento ser investigado.

Suspensa licença de clínica Onde Carolina Patrocínio fez tratamento

A Entidade Reguladora da Saúde (ERS) suspendeu a licença de funcionamento de uma clínica que vendia tratamentos com injeções de vitaminas, em Lisboa. A Ordem dos Médicos já tinha pedido para o estabelecimento ser investigado.

Esta segunda-feira, é noticia que a Entidade Reguladora da Saúde (ERS) suspendeu a licença de funcionamento da REVIV Lisbon. A polémica relacionada com a clínica gerou-se depois de Carolina Patrocínio e o marido, Gonçalo Uva, terem publicado fotografias nas redes sociais a receber uma infusão de vitaminas.

 

Recorde-se que, no início de Março, o casal partilhou vídeos e fotos onde mostravam um tratamento inovador com injeções de vitaminas e nutrientes. Na altura, a apresentadora tinha estado de férias em Punta Cana e decidiu recuperar do “jet leg”, enquanto o marido fazia uma “recuperação muscular”.

 

Polémica relacionada com clínica REVIV

 

Este tratamento a que o casal decidiu submeter-se deixou os seguidores de uma das caras do Fama Show confusos. Uns apoiam, outros ficam chocados e o assunto gerou uma onda de polémica. Com isto, a mãe de Frederica e Diana teve a atitude de comentar o assunto e responder aos comentários negativos que leu.

 

Lembre-se, que a Ordem dos Médicos quis investigar a clínica que faz tratamentos com soro e injeções com misturas de vitaminas, nutrientes, aminoácidos e medicamentos. 

 

Segundo o site da Notícias Magazine, o bastonário Miguel Guimarães queria fazer uma visita à clínica para averiguar se existem médicos a trabalhar no estabelecimento e quais os atos médicos que praticam. O bastonário adiantou, na altura, que ia ser feita uma queixa à Entidade Reguladora da Saúde e ia ser pedida a intervenção da Inspeção-geral das Atividades em Saúde. “Publicidade enganosa”, considerou o bastonário.

 

A Ordem dos Médicos averiguou que alguma da informação existente no site da empresa correspondia a uma situação de “publicidade enganosa.

 

Veja também:

 

´

 

 

 

Veja mais aqui! www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS