Sofia Aparício acusa diretor de assédio sexual: «Dei-lhe uma estalada»

Sofia Aparício alega ter sido alvo de assédio sexual por duas vezes. A modelo e atriz conta tudo o que terá acontecido e diz que necessitou recorrer à violência nos dois casos.

Sofia Aparício acusa diretor de assédio sexual: «Dei-lhe uma estalada»

Sofia Aparício alega ter sido alvo de assédio sexual por duas vezes. A modelo e atriz conta tudo o que terá acontecido e diz que necessitou recorrer à violência nos dois casos.

Sofia Aparício alega ter sido vítima de assédio sexual não por uma, mas sim por duas vezes. Em entrevista, a modelo e atriz, de 51 anos, conta como tudo terá acontecido e que necessitou recorrer à violência nos dois casos.

“Aconteceu com um homem que tinha hierarquicamente mais poder, era diretor de um projeto de que eu fazia parte, agarrou-me pela cintura e puxou-me para ele. Dei-lhe uma estalada“, afirma, em declarações ao Expresso, prosseguindo com o segundo caso, desta feita “no estrangeiro”: “Outro homem com muito poder tentou agarrar-me, sem a minha permissão. Tinha apenas 17 anos. Levou com outro estalo“.

Sofia Aparício, que pode ser vista na novela “Bem Me Quer“, da TVI, assume que, se as investidas sobre ela acontecessem agora, a sua postura seria outra. “Resolvi esses assuntos à estalada mas, se fosse hoje, teria denunciado, feito queixa“, garante.

«No metro apalparam-me até ao infinito»

Com um longo percurso de sucesso no mundo da moda, passando, mais tarde, para o universo da representação, a Madalena da novela “Bem Me Quer” recorda ainda o assédio que sofreu no início da adolescência. Tinha, na altura, apenas 13 anos. “Por diversas vezes, no metro, à hora de ponta, alguns homens apalparam-me até ao infinito“, conta, lamentando que “não sabia lidar” com as situações, que a faziam sentir-se “suja e culpada“.

Aliás, Sofia Aparício afirma mesmo que “qualquer mulher nesta sociedade machista, seja alta, magra, gorda, feia, bonita, já passou por uma situação de assédio”. “Porque ainda há um sentimento e sensação de domínio sobre todas nós. Um homem em situação de poder, capaz de assediar, fá-lo numa fábrica, num escritório de advogados, em qualquer lado. Tem de acabar esta sensação de impunidade e de poder destes agressores“, defende.

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Reprodução redes sociais

LEIA AINDA
Jornalista divulga episódio de assédio sexual e revela nome do agressor
Jornalista divulga episódio de assédio sexual e revela nome do agressor
Joana Emídio Marques relatou o seu episódio de assédio sexual em 2012, quando trabalhava no “Jornal de Notícias”. A jornalista também deu a conhecer publicamente o nome do agressor nesta sexta-feira, dia 30 de abril. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS