SIC ou RTP? Vanessa Oliveira responde

Vanessa Oliveira deixou a SIC em 2014 e mudou-se para a RTP.

Vanessa Oliveira, de 37 anos, estreou-se na TVI em 2004 e passou para a SIC em 2005, onde se manteve até 2014. Depois da estação de Carnaxide, a apresentadora mudou-se para a RTP, onde apresenta vários formatos do daytime.

A ex-apresentadora do Fama Show foi convidada esta terça-feira, dia 25 de setembro, do programa Snooze, da Megahits e  participou na rubrica Cala-te Boca onde respondeu a todas questões sem rodeios. Rui Maria Pêgo, Conguito e Maria Correia começaram por criar a pressão habitual da rubrica e atacaram Vanessa com uma questão sobre a mudança da apresentadora da SIC para a RTP.

«Em 2014 saíste da SIC para a RTP. Ganhaste ou perdeste?», questiona Maria Correia.

«Ganhei muito. Ganhei mais dinheiro, ganhei mais responsabilidade e mais visibilidade naquilo que faço. Subi um degrau na minha carreira», responde a apresentadora sem hesitações.

Quando questionada se não sente saudades do bar da SIC, Vanessa confessa que sim. «Da convivência do bar sim, mas na realidade as minhas melhores amigas e amigos continuam lá.»

Sem nunca deixar nenhuma questão por responder, a apresentadora viu-se obrigada a salvar dois apresentadores da estação pública no caso de existir um terramoto, um tsunami e um incêndio, sendo que as opções seriam: Tânia Ribas de Oliveira e Zé Pedro Vasconcelos, Herman José e Malato ou Catarina Furtado e Filomena Cautela.

«Não é nada contra as outras pessoas mas seria o Herman e Malato. Gostaria de os salvar a todos, mas tenho uma paixão gigante pelo Herman e gosto muito do Malato. Aqui pronto, coitadinhos eles haviam de morrer um dia», responde, fazendo as risadas dos apresentadores

Recorde-se que Vanessa Oliveira apresentou o programa Há Tarde, ao lado de Herman José, no ano que se mudou para a RTP.

Rui Maria Pêgo termina a rubrica com a pergunta: «Tens problemas de consciência por fazeres o 760 na televisão? Aqueles números de valor acrescentado para onde os velhinhos ligam…e toda a gente.»

«Nenhuma, eu também ligo, só não é para a RTP», começou por afirmar. «Isto é um jogo, é como jogares no totoloto ou no euro milhões. Tens mais probabilidade até de ganhar no 760 e as pessoas não têm noção disso. Isto é também uma forma das televisões ganharem dinheiro para nos pagarem a nós. Não me importo nada», terminou.

Respondidas todas as questões sem qualquer dificuldade, o filho de Júlia Pinheiro confessa que odeia «pessoas bem resolvidas».

Fotos: Impala e reprodução redes sociais

Veja mais aqui! www.novagente.pt


RELACIONADOS