Sara Barradas lamenta perda de «grande companheiro»

Sara Barradas viu um dos seus animais de estimação perder a vida esta quinta-feira, 13 de junho. «Levou com ele um pedaço do meu coração», partilhou a atriz

Sara Barradas lamenta perda de «grande companheiro»

Sara Barradas viu um dos seus animais de estimação perder a vida esta quinta-feira, 13 de junho. «Levou com ele um pedaço do meu coração», partilhou a atriz

Sara Barradas está a viver uma das melhores fases da sua vida, desde que foi mãe da pequena Lua, no dia 30 de março, fruto do casamento com José Raposo. Esta quinta-feira, 13 de junho, o dia foi de tristeza para a atriz, que perdeu «um grande companheiro».

A atriz partilhou nas redes sociais o momento de tristeza após a morte do seu gato, Eros. «Este é o Eros. O Eros majestoso. O Eros com nome de Deus do Amor por causa de uma personagem de uma telenovela brasileira. O Eros com a língua de fora. O Eros pata-choca. O Eros possuído. O Eros anti-social. O Eros impossível de tomar banho e de tosquiar, e de fazer festas na barriga. O Eros fobado. O Eros do rabo espetado. O Eros da máscara triangular. Lindo, de olhos verdes», começou por escrever, na legenda de imagens em que mostra o animal.

Sara Barradas, de 28 anos, conviveu com o animal de estimação desde os 18 anos e tornou-se «num ser um bocadinho melhor» com a companhia de Eros. «O Eros foi o meu primeiro gato, contra a minha vontade. E contra a minha vontade me escolheu. Escolheu-me para me amar e me ensinar a amá-lo. E foi tão fácil. Eu tinha 18 anos e ele 2 meses quando me convenceu, numa semana, a gostar de gatos (e se eu era céptica em relação a eles…!). Com ele cresci e tornei-me num ser um bocadinho melhor. O Eros deixou-nos ontem. E levou com ele um pedaço do meu coração. Foste um grande companheiro. Obrigada por todos os momentos, pelo amor incondicional, e por tudo. Até já meu amigo, meu amor», terminou.

A publicação reuniu várias mensagens de apoio dos seguidores, que se mostraram solidários com a atriz.

LEIA MAIS

Jessica Athayde mostra pós-parto de cuecas descartáveis

A víbora-cornuda é uma das duas serpentes venenosas existentes em Portugal

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS