Salvador Sobral e o transplante de coração «O meu coração era, literalmente, demasiado grande»

Salvador Sobral e o transplante de coração «O meu coração era, literalmente, demasiado grande»

Após ter sido submetido a um transplante de coração há cerca de um ano, Salvador Sobral é agora o rosto de uma campanha da Sociedade Portuguesa de Cardiologia.

Um ano depois de submetido a um transplante de coração, Salvador Sobral sente que já tinha passado «tempo suficiente para digerir tudo». E decidiu ‘amar por todos’, tornando-se no embaixador de uma ação de sensibilização da Sociedade Portuguesa de Cardiologia. A campanha tem como principal objectivo informar a população sobre a doença que afectou o artista português vencedor do Festival da Eurovisão: insuficiência cardíaca. «É importante falar sobre isto. Tendo em conta que comigo correu tudo tão bem, e que a minha recuperação está a correr tão bem, posso ser uma forma de esperança para pessoas com doenças cardiovasculares, especificamente que sofram de insuficiência cardíaca», começa por explicar na inauguração da escultura de um coração gigante anatómico em exposição na estação do metro da Alameda, em Lisboa como ‘bandeira’ da causa.

 

«Não havia nada que eu pudesse ter feito»

Veja a notícia completa aqui

Notícia www.novagente.pt

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Salvador Sobral e o transplante de coração «O meu coração era, literalmente, demasiado grande»

Após ter sido submetido a um transplante de coração há cerca de um ano, Salvador Sobral é agora o rosto de uma campanha da Sociedade Portuguesa de Cardiologia.