Ruth Marlene sofre com críticas duras: “Dizem que sou um monstro”

Ruth Marlene marcou presença no Dois às 10 desta sexta-feira, 28 de maio, e revelou os comentários ofensivos que recebe nas redes sociais. A cantora conta que sofre com os ataques dos fãs.

Ruth Marlene sofre com críticas duras: “Dizem que sou um monstro”

Ruth Marlene marcou presença no Dois às 10 desta sexta-feira, 28 de maio, e revelou os comentários ofensivos que recebe nas redes sociais. A cantora conta que sofre com os ataques dos fãs.

Ruth Marlene foi uma das convidadas do programa Dois às 10 desta sexta-feira, dia 28 de maio, emissão dedicada à celebração da música pimba. Durante a conversa, a cantora acabou por fazer algumas confidências sobre as críticas que recebe nas redes sociais, acerca da cirurgia que fez aos olhos e como sofreu por estar longe do palco durante o confinamento. A Maria Botelho Moniz e a Cláudio Ramos, confessou que no ano passado não conseguia ver-se ao espelho. “Cheguei a olhar-me ao espelho e a não conseguir ver-me. Achava-me gorda, feia. Achava-me horrível”, contou.

Passada a fase difícil, Ruth Marlene continua a sofrer com outras críticas, as dos seguidores. A cantora ainda é alvo de comentários desagradáveis e ofensivos na Internet, que, por vezes, a afetam. “Nas redes sociais, às vezes ainda sofro com aquilo que escrevem sobre mim. Dizem que sou um monstro. Que estou horrorosa. Que sou magra. Que tenho de andar com uma bengala, se não, qualquer dia, caio por ser tão magra. E isso, às vezes, afeta-me.”

“As pessoas têm de ser felizes e têm de aceitar-se como são”

“Mas depois penso: porquê? As pessoas não têm mais nada para fazer do que estarem a magoar os outros”, resigna-se. Ruth explicou que para se proteger prefere nem ler as mensagens. “O melhor é não ler”, afirmou. Noutros momentos, deixa-se influenciar. “Às vezes, respondo. Não devia responder. E eles pedem-me desculpa depois.” Apesar dos ataques, a artista continua a acreditar “sempre” na bondade. E fez um apelo ao amor-próprio: “As pessoas têm de ser felizes e têm de aceitar-se como são.”

Quanto às intervenções estéticas, é fã. E vai continuar a fazâ-las sempre que sentir necessidade. Ruth Marlene assegurou que o próximo procedimento será uma rinoplastia. “Estou a ganhar coragem para fazer uma rinoplastia. Estou há anos para fazê-la”, assegurou.

Ruth Marlene teve um problema de saúde nos olhos

No programa das manhãs da TVI, contou ainda que foi recentemente operada aos olhos. Sem revelar pormenores sobre o problema de saúde que a levou a ser submetida a uma cirurgia, apenas disse ter passado “algumas fases menos boas a nível de saúde”. “Mas já passou. Fui operada. Não gosto muito de falar destas coisas… Foi tudo neste período da quarentena.”

“Quando saiu o single Aceita que Dói Menos, estava numa maca no hospital, a sair da operação que fiz à vista.” No final, Ruth acabou por fazer um especial agradecimento à equipa médica que a assistiu e aos seus bailarinos, que para ela são a “família de palco”.

“Chegava a sábado e domingo e chorava sempre”

O período de confinamento foi muito complicado para Ruth Marlene, como confidenciou no matutino da TVI. Engordou 15 quilos e chegou, inclusive, ao ponto de jantar três vezes numa noite. Abordou ainda a ausência de trabalho durante essa altura. Habituada a estar em palco desde os sete anos, o facto de estar longe do público afetou-a emocionalmente. “A minha maior solidão foi estar longe do público. Aos fins de semana, chorava sempre por não estar a cantar, a libertar-me emocionalmente. Doía muito não sentir o carinho das pessoas”, confessou.

Texto: Carolina Sousa;
Fotos: Redes Sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS