Rosa Bela chora ao falar dos pais: “É difícil ouvir dizer que os abandonei”

Rosa Bela esteve no programa “Casa Feliz”, da SIC, e recordou o passado difícil na aldeia. A namorada de Carlos Areia diz que ainda hoje lhe apontam o dedo por se ter mudado para Lisboa.

Rosa Bela chora ao falar dos pais: “É difícil ouvir dizer que os abandonei”

Rosa Bela esteve no programa “Casa Feliz”, da SIC, e recordou o passado difícil na aldeia. A namorada de Carlos Areia diz que ainda hoje lhe apontam o dedo por se ter mudado para Lisboa.

Rosa Bela emocionou-se em direto, no programa “Casa Feliz” desta terça-feira, 7 de setembro, ao falar dos pais e dos irmãos. A atriz, companheira de Carlos Areia há 13 anos, foi recebida por João Baião e Diana Chaves e recordou o passado, não contendo as lágrimas e a emoção na voz.

“A minha adolescência não foi fácil, senti-me revoltada e a certa altura sentia vergonha dos meus pais“, começou por dizer Rosa Bela, sobre os progenitores, que sofrem de surdez. Com o sonho de ser atriz, rumou a Lisboa ainda adolescente. “Aí eu falhei“, afirmou, admitindo que se sente culpada por ter deixado de estar tão presente na vida da familia, nomeadamente do irmão, Luís, que era ainda uma criança.

“É difícil ouvir que vim fazer o meu caminho e que fui egoísta… que abandonei os meus pais, que abandonei o meu irmão. Isso é difícil…“, disse, em lágrimas, confessando que foi alvo de muitas críticas na aldeia, perto de Aveiro, onde os pais ainda vivem. “Estou há 13 anos em Lisboa e falo todos os dias com os meus pais, tento ser o mais presente possível, mas as críticas continuam. As pessoas continuam a achar que eu devia estar lá“, afirmou Rosa Bela.

Veja a entrevista aqui.

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Reprodução redes sociais e D.R.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS