Romana diz ter crescido num ambiente de violência: “Não queria um pai assim para os meus filhos”

Romana foi entrevistada por Júlia Pinheiro e abordou pela primeira vez sobre a sua infância alegadamente pautada por “um ambiente de violência”. “Havia muita gritaria e umas coisas pelo meio a voar”, contou a cantora, cujas afirmações deixaram a própria apresentadora surpreendida.

Romana diz ter crescido num ambiente de violência:

Romana diz ter crescido num ambiente de violência: “Não queria um pai assim para os meus filhos”

Romana foi entrevistada por Júlia Pinheiro e abordou pela primeira vez sobre a sua infância alegadamente pautada por “um ambiente de violência”. “Havia muita gritaria e umas coisas pelo meio a voar”, contou a cantora, cujas afirmações deixaram a própria apresentadora surpreendida.

Romana, cujo verdadeiro nome é Carla Alexandra, esteve na tarde desta quarta-feira, 2 de junho, no programa de Júlia Pinheiro, na SIC. Afastada da vida mediática há cerca de quatro anos, a cantora regressou agora à televisão e abriu o coração à apresentadora, numa entrevista intimista.

Apesar de se confessar nervosa, Romana falou sobre a infância “humilde”, alegadamente marcada por violência, deixando Júlia Pinheiro espantada. “A minha infância foi muito simples. Vivíamos numa casinha que tinha uma sala e um quarto. Dormia na sala com o meu irmão [Sérgio Rossi], tínhamos um beliche. Demos valor à vida dessa forma”, começou por contar.

“Coisa que me deixou bastante mais triste foi saber que viveste num ambiente de violência. Isso eu não sabia”, avançou de seguida Júlia Pinheiro.

“O ambiente em casa não era um ambiente de silêncio e de serenidade. Os meus pais brigavam muito, havia muita gritaria e umas coisas pelo meio a voar de um lado para o outro. Foi o ambiente em que eu cresci, fui habituada ali, pensei que era um ambiente natural”, disse, poucos minutos depois de a conversa com Júlia Pinheiro começar a fluir.

“Via a minha mãe triste muitas vezes, mas não sabia o que fazer”, confessou. “Acho que o meu pai nos educou dentro dos valores que ele achava que eram os melhores. Ele contribuia para que não faltasse nada, para que tivessemos sempre comida na mesa, no entanto, tinha a sua maneira de ser… especial. Já cheguei a falar com ele sobre isso e ele acha que era tudo perfeitamente normal”, conta ainda.

Romana acaba por confessar: “eu não iria querer um pai assim para os meus filhos”, remata.

Júlia Pinheiro mostrou-se surpreendida com a história de vida da artista portuguesa. “Não tinha ideia nenhuma”, proferiu.

Texto: Joana Dantas Rebelo; Fotos: redes sociais e divulgação SIC

 

Impala Instagram


RELACIONADOS