Rogério Samora: médico fala em tratamentos “agressivos” e com “efeitos negativos”

Rogério Samora poderá estar a fazer “tratamentos intensivos”, mas com efeitos secundários nefastos “a longo prazo”. O ator, de 62 anos, foi vítima de uma paragem cardiorrespiratória há mais de três semanas.

Rogério Samora: médico fala em tratamentos “agressivos” e com “efeitos negativos”

Rogério Samora poderá estar a fazer “tratamentos intensivos”, mas com efeitos secundários nefastos “a longo prazo”. O ator, de 62 anos, foi vítima de uma paragem cardiorrespiratória há mais de três semanas.

Rogério Samora poderá estar a receber “tratamentos intensivos”, mas com efeitos secundários nefastos “a longo prazo”. É este, pelo menos, o cenário apontado pelo médico neurocirurgião Bruno Lourenço Costa, que enumera os procedimentos mais comuns em casos como o do ator, de 62 anos, que sofreu uma paragem cardiorrespiratória há três semanas e meia.

Esses tratamentos, refere o neurocirurgião à TV Guia, são “essencialmente de medicamentos para proteção do sistema nervoso”. “Quem está a respirar, é um ventilador e, eventualmente, algum suporte da função respiratória”, acrescenta, sem nunca se referir, porém, ao caso concreto de Rogério Samora.

“São medidas extremamente agressivas. São benéficas a curto prazo, mas a longo prazo também são associadas a muitas complicações. É preciso atingir um equilíbrio entre maximizar o feito benéfico e minimizar os efeitos negativos deste tipo de tratamentos intensivos, que é o que está a ser feito”, explica ainda à mesma publicação. O médico refere também que, “se estão a fazer tratamentos que são extremamente exigentes é porque acreditam que vale a pena e a situação de morte cerebral não se identificou”.

À edição da NOVA GENTE que está nas bancas, fonte do Hospital Amadora-Sintra, onde Rogério Samora está internado, explica que a morte cerebral “não foi declarada porque o Rogério não está dentro dos parâmetros que a consideram”.

O quadro clínico do ator, que permanece na unidade de cuidados intensivos, é “muito grave” e o prognóstico mantém-se reservado. O Hospital Amadora-Sintra está a ter todos os cuidados de que este necessita, incluindo medicina física e de reabilitação.

 Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Reprodução Instagram

VEJA AGORA
Fatia do bolo de casamento da princesa Diana vendida por mais de 2000 euros
Fatia do bolo de casamento da princesa Diana vendida por mais de 2000 euros
A fatia do bolo de casamento da princesa Diana com o príncipe Carlos foi vendida por dois mil euros. O pedaço, que está congelado, tem desenhado um brasão real em dourado, vermelho, azul e prateado (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS