Irmã de Rita Pereira internada em unidade de queimados

Irmã de Rita Pereira está internada numa unidade de queimados. Joana sofreu um grave acidente com uma lareira de bioetanol.

Irmã de Rita Pereira internada em unidade de queimados

Irmã de Rita Pereira está internada numa unidade de queimados. Joana sofreu um grave acidente com uma lareira de bioetanol.

A irmã de Rita Pereira, Joana Pereira, sofreu um acidente com uma lareira de bioetanol que lhe deixou marcas no peito, braço e mãos. A professora acabou por ter de ser internada no hospital numa unidade de queimados. “Estou internada na unidade de queimados, o meu peito, braço e mãos arderam e aqui vou ficar por algum tempo… tem sido muito duro, mas com a nossa energia, pensamento positivo e visualização da minha pele a regenerar-se tudo vai ficar bem”, começa por revelar nas redes sociais, mostrando parte da mão com ligaduras.

LEIA DEPOIS
Cláudio Ramos acusa famoso de virar costas a cena de violência doméstica

Irmã de Rita Pereira publicitava lareira que a atirou para o hospital

“Na semana passada sofri um acidente, com a tão famosa lareira de bioethanol que vocês tanto viram nos meus stories. Quando tiver coragem, contar-vos-ei com maior pormenor, agora ainda não consigo falar sobre isso”, continua a professora. A irmã de Rita Pereira não se sente capaz de falar mais sobre o assunto, mas promete ir dando noticias. “Não será tão constante como o habitual, mas vou partilhando a minha experiência aqui, para que também tu, que estás internado, possas distrair-te um bocadinho.”

O que é uma lareira a Bietanol

As lareiras a bioetanol são caracterizadas por serem ecológicas e eficientes. O etanol é um biocombustível produzido a partir de produtos vegetais. A sua combustão produz apenas CO2. É uma lareira considerada segura, não gera fumo, cheiros ou sujidade e pode ser instalada em qualquer parte da casa por não necessitar de chaminé. O combustível, o álcool etílico, é biodegradável e o seu preço é acessível, pode ser facilmente adquirido em diversos estabelecimentos comerciais.

Texto: Ana Lúcia Sousa

Impala Instagram


RELACIONADOS