Ricardo Costa sobre saída de Cristina Ferreira: «Acontece num bom momento»

Ricardo Costa não é brando nas declarações sobre a concorrência direta. De Cristina a Mário Ferreira, ninguém escapa às declarações bombásticas do diretor de informação da SIC.

Ricardo Costa sobre saída de Cristina Ferreira: «Acontece num bom momento»

Ricardo Costa não é brando nas declarações sobre a concorrência direta. De Cristina a Mário Ferreira, ninguém escapa às declarações bombásticas do diretor de informação da SIC.

Ricardo Costa é pioneiro na decisão de terminar os programas de comentários desportivo com representantes dos ‘3 grandes’ na antena da SIC. O diretor de informação do grupo Impresa concedeu uma entrevista ao Público para falar deste tema e, lá pelo meio, foi questionado sobre o turbilhão de mudanças, transferências e contratações das últimas semanas, que têm como pontos de partida e chegada os canais rivais SIC e TVI.

O diretor de informação da SIC considera «pouco inteligente» o facto de a TVI ter ido buscar caras da estação de Paço de Arcos como Pedro Mourinho e Cristina Ferreira. «Faz-me confusão essa tentação primária de ir buscar pessoas à concorrência directa. Eu não conheço o Mário Ferreira, mas há aqui uma lógica de tentativa de destruição.», diz.

Ricardo Costa dá ainda a entender que, além de Clara de Sousa, a TVI também terá tido a intenção de contratar Rodrigo Guedes de Carvalho. «Curiosamente hoje, lá fora, suspiram pelos dois».

«O caminho dela é o de ser uma marca própria»

Mas as palavras mais duras vão para Cristina Ferreira e para o contexto da saída abrupta da SIC para a TVI, ao fim de apenas 23 meses na estação. O diretor de informação começa por dizer que a saída da apresentadora «não é uma boa notícia, mas acontece num bom momento.».

E vai mais longe, explicando que a forma como os acontecimentos se sucederam demonstraram que a mudança era inevitável e que «provavelmente» aconteceria no final do mês de julho. «Saiu à pressa porque foi apanhada como alguém [que é apanhado] a comer doces da despensa», diz, reconhecendo contudo a importância da apresentadora para o mercado.

«A Cristina é importantíssima na TV em Portugal, que não haja discussão alguma sobre isso. Mas o caminho dela — e provavelmente mais ninguém o consegue neste país — é o de ser uma marca própria. Esse é um caminho que mais tarde ou cedo é incompatível com uma estrutura empresarial de uma TV.»

As alfinetadas não se ficam por aqui. O diretor de informação da SIC diz que Mário Ferreira [acionista da Media Capital e o responsável principal pela contratação de Cristina] «está a olhar para a TVI como José Sócrates olhava para o mapa das estradas. Alguém há-de pagar.»

Ricardo Costa faz questão de elogiar Daniel Oliveira, diretor geral de entretenimento do grupo Impresa, comparando-o com… Cristina Ferreira que, recorde-se, irá assumir funções de diretora de Ficção e Entretenimento da TVI. «Se há pessoa na SIC que é capaz de enfrentar em termos de ideias de TV o desafio é o Daniel Oliveira e não tenho dúvidas que sabe mais do que a Cristina na visão geral e na modernização da TV».

Texto: Raquel Costa

LEIA MAIS
Meteorologia: Previsão do tempo para sexta-feira, 31 de julho

 

 

Compre as nossas revistas

1 – Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2 – Escolha a sua revista

3 – Clique em COMPRAR ou ASSINAR

4 – Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 – Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 – Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS