Quimbé: «Já estava decidido: vou-me suicidar, sabia o que ia fazer»

Quimbé explicou, num vídeo gravado para promover a saúde mental com o apoio da Direção Geral de Saúde, que já enfrentou uma depressão e que o suicídio passou-lhe pela cabeça nessa altura.

Quimbé: «Já estava decidido: vou-me suicidar, sabia o que ia fazer»

Quimbé: «Já estava decidido: vou-me suicidar, sabia o que ia fazer»

Quimbé explicou, num vídeo gravado para promover a saúde mental com o apoio da Direção Geral de Saúde, que já enfrentou uma depressão e que o suicídio passou-lhe pela cabeça nessa altura.

Quimbé explicou, num vídeo gravado para promover a saúde mental com o apoio da Direção Geral de Saúde, que já enfrentou uma depressão e que o suicídio passou-lhe pela cabeça nessa altura.

«Nunca partilhei com ninguém (…) O Quimbé, apesar de ser muito histriónico e divertido, também vai ao fundo. E eu já estive lá, mesmo no fundo. A dor era tão forte… era duro, então pensei, por que não o suicídio. Não foi nada fácil!», começa por dizer aquele que é um dos eternos inspetores sa série Inspetor Max, da TVI.

Quimbé admite: «Já estava decidido: vou-me suicidar, sabia o que ia fazer»

«Quando uma pessoa se quer suicidar, e eu falo por mim, sei, estive lá, não dizes a ninguém», afirma com convicção. Quimbé, que revelou recentemente ter-se separado de Ana Palma, explica ainda que houve uma pessoa que o fez recuar, apesar de não revelar quem. «Tive uma conversa com uma pessoa, que me ajudou, estava mesmo na me***, estava desorientado, estava mesmo muito mal e já estava decidido: vou-me suicidar, sabia o que ia fazer (…) e de repente estava já decidido a fazer as coisas todas e tive uma voz amiga, tive sorte, tive um anjo da guarda», partilha para depois acrescentar: «Com a maneira dela de ver as coisas positivamente consegui sair do buraco. Não recorri a medicamentos, a nada, foi um ‘tilt’ na minha cabeça que ela me ajudou. Até hoje ela não sabe que me ajudou. Por isso estou aqui, porque falei com alguém, sem querer (…) Por isso, se estiverem no mesmo buraco, ou coisa muito parecida, falem com alguém. Às vezes tem de se recorrer, de facto, a medicamentos porque são coisas químicas, é uma dor que só vês isto como solução, mas não é!»

Quimbé afirma ainda que o tormento por que passou foi antes de ser pai. O ator tem dois filhos em comum com Ana Palma. «Se tivesse cometido o suicídio não tinha os filhos que tenho hoje em dia, a vida linda que tenho hoje em dia… e podia ter terminado na altura. Não tinha vivido isto. Vamos falar com alguém. Há sempre alguém que os quer ouvir, que os quer ajudar», alerta ainda.

Estima-se que a cada 40 segundos uma pessoa morre vítima de suicídio no mundo, totalizando uma média de 800 mil por ano. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2016, foram mais de 200 mil casos em pessoas na faixa etária dos 10 aos 29 anos. Entre jovens com idade entre 15 e 29 anos, é a segunda causa de morte, perdendo apenas para acidentes de trânsito. Em Portugal, suicidaram-se 1.450 pessoas, em 2016

CONTACTOS SOS VOZ AMIGA:

21 354 45 45
91 280 26 69
96 352 46 60
(todos os dias das 16h00 às 24h00)

Texto: Ana Lúcia Sousa e Marta Amorim; Fotos: Arquivo Impala

 

Impala Instagram


RELACIONADOS