Quem Quer Namorar com o Agricultor? começa com grande barracada

A terceira edição de Quem Quer Casar Com o Agricultor? estreou este domingo, 26 de abril, na SIC. Fique a conhecer todos os concorrentes e as histórias de vida dramáticas.

Quem Quer Namorar com o Agricultor? começa com grande barracada

Quem Quer Namorar com o Agricultor? começa com grande barracada

A terceira edição de Quem Quer Casar Com o Agricultor? estreou este domingo, 26 de abril, na SIC. Fique a conhecer todos os concorrentes e as histórias de vida dramáticas.

A aventura pelas quintas e herdades de Portugal regressou este domingo, 26 de abril, à SIC, com cinco agricultores – quatro homens e uma mulher –  à procura da cara-metade. A estreia do programa Quem Quer Namorar com o Agricultor?, apresentado por Andreia Rodrigues, ficou marcada pelas histórias difíceis dos protagonistas e pela primeira grande discussão entre candidatas. Francisco Tomé, de 42 anos,conhecido por Xico Trovão, é de Moura e procura o amor. «Estou pronto para me apaixonar, a vida só faz sentido com outra pessoa.» Mas Francisco tem alguns requisitos: a candidata «não pode ser gorda e não pode vir para a agricultura com unhas de gel».

«Sinto-me muito sozinho. Perdi o meu amor e sinto uma solidão enorme»

António Gonçalves, de 52 anos, tem uma vida marcado pela dor da morte da mulher há um ano. Está disponível para dar um novo rumo a sua vida, em Nogueira da Montanha . «Vim à procura do milagre da minha vida, sinto-me muito sozinho. Perdi o meu amor e sinto uma solidão enorme. Ela fez-me prometer que seriamos felizes mesmo um sem o outro (…) Sou um homem que procura apenas uma companheira para o resto da vida. Queria começar uma nova vida do zero.» Emocionada com a história de António, Andreia conforta o agricultor, que começa a chorar. Andreia Rodrigues faz António prometer que «vai sorrir muito, independentemente do que acontecer» no programa da SIC.

«Sou o Cristiano Ronaldo dos cavalos, só me falta os abdominais»

Aos 25 anos, João Paliotes tem uma herdade em Monforte. É agricultor, mas também professor de equitação. «Sou o Cristiano Ronaldo dos cavalos, só me falta os abdominais», brinca. João lamenta nunca se ter apaixonado verdadeiramente: «No campo não temos tempo de conhecer pessoas, nem de partilhar nada, ficamos mais tristes. Um dos meus maiores sonhos é ter uma família». Quatro filhos mais precisamente.

Ricardo Bernardes, de 41 anos, é tratador de cavalos em Rio Maior. O surf e o mar são a sua terapia, a par dos animais. «Os meus animais são a minha família, choro com eles, rio com eles, é bom demais, são quem me atura nas horas boas e nas más», afirma, a chorar. «Ficamos muito ricos no campo mesmo sem ter nada. Tive dois relacionamentos com as mães dos meus filhos, que são eximias. Estou só, sinto falta de uma companheira para tudo», conta, emocionando-se ao falar da filha Margarida, a luz dos seus olhos. «Gostava de lhe dar mais manos, chegar a casa e ter uma mesa cheia», diz, novamente a chorar.

A primeira agricultora do programa da SIC

Catarina Manique é a primeira agricultora do formato da SIC. Aos 30 anos, sempre trabalhou na terra, na quinta no Fundão. «O meu sonho de vida e ser feliz, construir a minha família, ter uma vida em paz». Catarina tem uma vida sofrida, dado que enfrentou uma leucemia,  aos 12 anos. “Fiz um transplante de medula, quem foi a minha dadora foi a minha irmã.  (A doença)faz nos pensar na vida, hoje dou valor à vida. Viver um dia de cada vez foi a lição que tirei dessa época.” diz. Catarina já foi casada, mas não correu bem.  “A  minha mãe viu-me sofreu bastante e quer-me ver bem agora”. Contudo, há um requisito essencial: os candidatos têm de saber dançar música pimba e ter os pés bem assentes na terra.

Apresentados os concorrentes, chegou à altura da escolha das candidatas. Durante uma festa, os agricultores e a agricultora ficam baralhados com a disputa. João Paliotes é o agricultor que mais faz suspirar as pretendentes. António Gonçalves, que também é um dos mais concorridos, sente-se muito baralhado com canta mulher bonita. «É uma tarefa difícil». Por fim, chega o grande momento e cada agricultor faz as suas escolhas. Catarina é a primeira e, após um teste de dança, seleciona quatro pretendentes: Pedro, Ricardo, Daniel e Bruno. Segue-se Francisco que se decide por Maria João, Yasmyni, Nancy e Ana Sofia.

António fica com três candidatas: Susana, Neusa e Ana Paula. Já João Paliotes começa por escolher Dalila, a mulher por quem o coração bateu logo “duas vezes”, seguida de Cláudia e Daniela. O agricultor Ricardo é quem tem a tarefa mais dificultada, dado que algumas pretendentes foram selecionadas anteriormente. Fica apenas com Sandra e Mafalda.

A primeira grande barracada do Quem Quer Casar com o Agricultor?

Após serem selecionados, todos os pretendentes ao amor dos agricultores iniciam caminho até as quintas e herdades, mas nem tudo corre como esperado. As candidatas do agricultor Ricardo perdem-se e quando finalmente encontram a casa, não há ninguém à sua espera. Mafalda e Sandra percorrem os campos em busca do seu agricultor, mas sem sinais, facto que as deixa muito desiludidas com a receção. Já a viagem para Monforte das pretendentes de Paliotes – Dalila, Cláudia e Daniela – é recheada de tensão. A conversa descamba dentro do carro e Mafalda chama “bipolar” a Dalila, que fica chateada e acaba a discutir. «Queres entrar já a matar?! (…)  Chamaste-me bipolar e eu tenho de estar calma e serena. Tu acabaste de me ofender e eu tenho de tirar esta historia a limpo». Já Mafalda diz que não está a perceber o drama : «Pelos vistos só a Dalila é que está a perceber, há um ligeiro conflito».  Alheia a tudo, Cláudia pede calma. «A viagem está a ser bastante atribulada. Elas vão chocar na quinta», adivinha. Felizmente, João Paliotes liga e interrompe a discussão, antes do pior.

Pretendentes têm de ser meigos, que ela gosta muito de mimo

Romântico, António espera as candidatas de rosas vermelhas nas mãos, «para chegarem a Chaves e ficarem bem-dispostas». Todas ficam rendidas. «Que romântico, sabe como conquistar uma mulher». Enquanto decorre a viagem dos pretendentes rapazes até ao Fundão, Andreia Rodrigues entrevista a mãe de Catarina, a dona Teresa, que explica não ser contra a decisão da filha de procurar o amor num programa de televisão. «Não quer dizer que quem vive nas quintas não se meta nestas aventuras. (Os pretendentes) têm de ser meigos, que ela gosta muito de mimo. E trabalhadores que a vida não é fácil, não há sábados e domingos. Só quero que a minha filha seja feliz», explica. Mas quando Dona Teresa conhece Pedro, Ricardo, Daniel e Bruno acha-os «muito fraquitos». Já Catarina Manique não fica agradada com a indumentária escolhida para a vida no campo. «Ténis brancos?», questiona.

Texto: Ricardina Batista

Leia a sua revista sem sair de casa

Vivemos tempos de exceção mas, mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador. . .

1 – Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2 – Escolha a sua revista

3 – Clique em COMPRAR ou ASSINAR

4 – Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 – Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 – Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS