Este português faz furor em reality shows nos Estados Unidos

Jovem português de 29 anos falou em exclusivo ao site da revista Nova Gente.

Chama-se Bruno Duarte, tem 29 anos e foi um dos poucos portugueses a participar num reality-show nos Estados Unidos da América.

O site da Nova Gente esteve à concersa, em exclusivo, com este jovem que contou como foi esta experiência. Para além da sua estada em «Below Deck», Bruno falou sobre outros aspetos da sua vida após ter-se tornado uma autêntica celebridade em terras de Tio Sam.

Como surgiu a oportunidade de participar no reality show nos Estados Unidos?

A oportunidade surgiu quando fiz a inscrição via online para entrar no programa. Um ano depois da inscrição fui contactado pela Bravo Network em Hollywood onde me convidaram para dar continuidade ao processo de seleção visto terem gostado do que tinha enviado.

Que tipo de reality show era?

O reality show é sobre a industria do iates onde a tripulação é filmada a trabalhar e a viver todas a emoções e interações seja com clientes ou mesmo em equipa.

Em que consistia este reality show?

O reality show consiste mostrar o glamour em trabalhar e viajar em iates. Chama-se Below Deck e é exclusivo do canal Bravo nos Estados Unidos.

Era um canal de cabo?

Sim.

Esta experiência aconteceu quando? 

Esta experiência aconteceu durante dois meses, entre fevereiro e março do ano passado.

Onde era a casa e o estúdio?

O reality show era gravado no iate, e o studio, para as entrevistas, era em hoteis.

Envolveu-se com alguém dentro do programa?

Não, a minha ética de trabalho não me permite. Sou restricto e sou bastante professional.

Porque saiu do programa? 

Eu não saí do programa, nem fui expulso, na industria dos iates o trabalho é por temporadas.

Como é ser um português entre americanos?

Ser português é como estar em qualquer parte do mundo com qualquer nacionalidade, eu ja estava habituado porque estive no mundo dos cruzeiros durante mais de cinco anos.

Sentiu preconceito ou xenofobia?

Claro que sim! Neste caso o capitão Lee não so era homofobico como gostava de salientar que eu não era americano. A Kate, minha colega e participante do concurso, foi literalemente a pior pessoa que eu conheci no programa. Tinha falta de professionalismo e de integridade. Foi surreal.

O que sente que ganhou com esta participação?

Ganhei uma experiençia de vida unica, aprendi muito tanto profissional como pessoal. Conheci mundos diferentes e o facto de viver um programa de telivisao e o resultado e o impacto que tem é de facto algo especial.

Sentiu que ficou conhecido pelo público nos EUA?

Defenitavamente, todos os dias tenho fãs a enviarem-me mensagens e a pedirem me para fazer mais temporadas.

Como lida com a fama?

A fama, para mim, não existe, eu gosto de ser um influenciador  e sinto que consegui ser um. Até tive situações que consegui mudar a mentalidade de muitas pessoas.

Quais são os pontos positivos e negativos que retira desta sua participação?

Os pontos negativos foram talvez algumas pessoas e as intenções que tinham visto que não era genuínas ou naturais. O maior ponto positivo que retirei foi o facto de eu ter sido cem por cento eu próprio. Nao fui um «script» ou algo diferente. O que viram foi o que eu era e sou.

Está de regresso a Portugal. Quais são as suas perspetivas em relação ao seu futuro profissional? Que tenciona fazer?

Neste momento estou em Portugal e após algumas idas aos EUA e vindas e ter estado de férias, começei vários projetos, inclusive a minha marca Bruknowsfit.com, que começou por um site com conteúdos de fitness, comida e viajens. O mais recente chama-se «TEAMWAY» e é um projeto de empreendorismo.

Equaciona participar nalgum reality show em Portugal?

Em Portugal, fui convidado para participar na Casa dos Segredos, mais o meu namorado, mas decidimos passar visto o cachê nãoo ter sido muito apelativo. Adoraria participar em algo postivo e que me desse alguma forma a continuidade da minha imagem como incluenciador aqui em Portugal.

Perfil de Bruno Duarte 

Nome: Bruno Alexandre Carreira Duarte

Data de Nascimento: 13/01/89

Estado Civil: Ssolteiro

Naturalidade: Portuguesa

Residência: Lisboa

Hobbies: Crossfit

Paixões: Fitness, crossfit, projectos

Profissão: Deckhand, Guest relations officer

Sonho: Ser livre financeiramente para fazer tudo o que me apetecer na vida sem me preocupar com o factor dinheiro

Texto: João Monteiro de Matos

Fotos: Direitos Reservados


RELACIONADOS