Polémica: Lúcia Garcia e Vanessa Rebelo em guerra aberta

Afinal quem tem razão? A modelo diz que retirou a queixa. Já a mulher de Simão Sabrosa diz que o tribunal lhe deu razão.

Polémica: Lúcia Garcia e Vanessa Rebelo em guerra aberta

Afinal quem tem razão? A modelo diz que retirou a queixa. Já a mulher de Simão Sabrosa diz que o tribunal lhe deu razão.

O caso remonta a 3 de outubro de 2016. Lúcia Garcia acusou publicamente Vanessa Rebelo de a ter agredido em pleno centro comercial quando estava grávida.

Vanessa Rabelo é a atual companheira de Simão Sabrosa (com quem tem um filho, Simão, de 3 anos) e ex-mulher de Bruno Aguiar (com quem tem também um filho, Rodrigo de 8 anos), que é o atual companheiro de Lúcia Garcia (com quem tem uma filha, Maria Clara de 11 meses).

Após as alegadas agressões, a manequim apresentou queixa contra a decoradora nas autoridades competentes.

Agora, após 15 meses o caso chega ao fim. No entanto, divergem as versões de como história acabou. Esta terça-feira à noite, 27 de fevereiro, Vanessa Rebelo escreveu um comunicado nas redes sociais onde alega ter sido ilibada da acusação por o tribunal não considerar consistente a «versão da ofendida». Pouco tempo depois, Lúcia Garcia veio desmentir o que a sua rival escreveu. A manequim afirma ter retirado a queixa para proteger Bruno Aguiar e o filho deste.

COMUNICADO DE VANESSA REBELO:

«Quero partilhar convosco estes 15 meses que foram complicados pois envolveram os meus filhos. Apresentei-me numa esquadra de investigação criminal para prestar declarações, várias notificações, fui constituída arguida, duas idas a tribunal. A verdade é que tudo o que Lúcia Garcia afirmou não tinha qualquer consistência nem indícios para esta acusação seguir em frente, aliás, até pediu apoio judicial – negado.

Afinal se não fui eu a agredir Lúcia Garcia e a sua própria testemunha afirma não ter visto qualquer agressão ou ameaça da minha parte, então quem protagonizou esta cena? Não são precisas grandes análises… Como não existem várias verdades, aguentei a imprensa barata sem fundamentos com apenas uma versão dos fatos: imagens editadas de agressões e fotos enviadas a espaços públicos.

Assisti, desprezando, as palavras de Lúcia Garcia assumindo na primeira pessoa “que o que mais lhe tinha custado na gravidez teria sido o fato de ter sido agredida por mim” na revista Caras, mas hoje, hoje fico feliz de sensatamente ter esperado e poder mostrar a todos a verdade. Esta não foi a primeira vez que Lúcia Garcia tentou agredir o meu bom nome, expondo-o socialmente; foi apenas a mais séria e que merece reflexão.

Hoje não há raiva, não há qualquer sentimento menos bom, há apenas o da pena, pena por haver pessoas com pouca luz! É nos sítios assim designados que se resolvem os assuntos, não é em “peixeiradas”, muito menos com escândalos.

Eu, Vanessa Rebelo, dou a minha cara pelas minhas palavras, para que estas não sejam alteradas ou entendidas de forma errada. Estes casos públicos envolvem muito mais do que as pessoas imaginam; envolvem escolas, crianças, amigos, noites mal dormidas e, principalmente, muitas lágrimas na incompreensão de um menor… Como tal… Como mãe, o meu dever é de criar estes meninos e protegê-los para que um dia se tornem homens de carácter, mostrando-lhes que a luta é feita dignamente nos locais corretos, que tenham o dom de saber amar, que acreditem na verdade…porque essa não se compra…e sempre aparece! Não me escondo atrás de apelidos nem as verdades se alteram por isso.»

LEIA AINDA: Comunicado de Lúcia Garcia

 

Fotos: Reprodução Instagram

 

Impala Instagram


RELACIONADOS