Viúva de Pedro Lima faz emotivo desabafo: “Há muitos dias em que estamos tristes”

Pedro Lima morreu há dois anos e Anna Westerlund, mulher do ator, assinalou a data com um texto carregado de emoção. “É um grande desafio”, escreveu a ceramista. Leia o texto na íntegra.

Viúva de Pedro Lima faz emotivo desabafo: “Há muitos dias em que estamos tristes”

Pedro Lima morreu há dois anos e Anna Westerlund, mulher do ator, assinalou a data com um texto carregado de emoção. “É um grande desafio”, escreveu a ceramista. Leia o texto na íntegra.

Esta terça-feira, 20 de junho, assinalaram-se dois anos da morte de Pedro Lima. O ator foi encontrado sem vida, na praia do Abano, em Cascais, e a mulher e os cinco filhos ficaram completamente devastados. O País também ficou em choque. Anna Westerlund, viúva de Pedro Lima, não deixou passar esta data marcante em branco e escreveu um texto emocionante nas redes sociais.

Judite Sousa deixa património à bolsa de estudo do filho
Judite Sousa confessou que no testamento, deixou o seu património à bolsa de estudo criada em memória do filho. O rosto da CNN mostra-se emocionada com os resultados da bolsa (… continue a ler aqui)

Leia aqui a mensagem na íntegra: “No outro dia li o testemunho do corajoso Dinis que perdeu a mãe nos incêndios de Pedrogão. E senti que ele descreveu da melhor forma o que também sentimos, por isso faço minhas as suas palavras com algumas adaptações. No dia em que te transformaste em nuvens e canto de pássaros decidimos fingir que íamos continuar a ser a família mais feliz do mundo. Durante muito tempo foi muito difícil. Sorrir quando não apetecia, fazer piadas por razão nenhuma e jogar às escondidas como se nada se tivesse passado não é para qualquer um. À medida que o tempo foi passando as pessoas felizes que decidimos continuar a ser foram crescendo em nós e aos poucos fomos sendo. No entanto, é um grande desafio. Há dias em que essas pessoas felizes não acordam. Há muitos dias em que estamos tristes e temos muitas saudades do Pedro. Mas a vida é isto, capaz dos momentos mais felizes e mais tristes. E que entre o momento em que nascemos e que morremos saibamos aproveitar a vida da melhor forma. E eu diria que a melhor forma é a amar”, escreveu a ceramista no Instagram.

A acompanhar este texto, Anna Westerlund publicou uma foto sua, de costas, virada para o mar.  Foram muitas as mensagens de força recebidas na caixa de comentários da publicação.

Texto: Joana Dantas Rebelo; Fotos: redes sociais 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS