Pedro Lima revela porque nunca foi convidado no ‘Conta-me Como És’

Pedro Lima revela porque é que nunca aceitou sentar-se no sofá de programas intimistas.

Pedro Lima revela porque nunca foi convidado no 'Conta-me Como És'

Pedro Lima revela porque nunca foi convidado no ‘Conta-me Como És’

Pedro Lima revela porque é que nunca aceitou sentar-se no sofá de programas intimistas.

Não é todos os dias que uma celebridade assume com naturalidade que uma das contrapartidas da fama é a exposição da intimidade. Num longo testemunho, e depois de um post no Instagram em que foi elogiado pela sua «humildade», Pedro Lima explica porque é que tal nunca foi um fator de incómodo.

«Nos tempos que correm, quem escolhe ser actor e trabalha em televisão tem de estar preparado para partilhar bastante verdade sobre a sua vida. Não podemos viver a ocultar o que é a nossa vida pessoal com o objectivo de cultivar uma imagem postiça e criar em quem se interessa por nós a ilusão de uma coisa que não somos. A verdade acaba sempre por se manifestar», começa por explicar.

O ator de 48 anos, que é casado com a ceramista Anna Westerlund, analisa de forma crítica e «com ironia» «personalidades que têm enorme preocupação em não expor a sua vida mas que, perante a Vogue, o Expresso ou o Público respondem alegremente às perguntas mais indiscretas».

Atualmente no elenco da novela da TVI Prisioneira, Pedro Lima afirma que sempre se sentiu «respeitado pelas publicações mais populares» e que considera que essas mesmas publicações não têm «grande diferença» com as anteriormente referidas. «O facto de ontem ter partilhado que, na minha juventude e infância, não tinha condições para sair de Lisboa nas férias grandes não teve a intenção de demonstrar humildade. Humildade, para mim, é outra coisa», afirma.

«Humildade, para mim, é ser-se consecutivamente eleito o melhor futebolista do mundo e ser sempre o primeiro a chegar ao treino e, no final, ficar a treinar pontapés livres sozinho. Acho que humildade, modéstia, discrição, sobriedade são conceitos que são muitas vezes confundidos uns com os outros e pouco claros na cabeça das pessoas», continua.

O ator refere ainda que se sente alvo de críticas por decidir expor publicamente a sua vida. «Sinto que há quem tenha um olhar reprovador pelo que decido partilhar publicamente mas desengane-se quem julga que sabe tudo sobre mim. Não cultivo é a rábula presunçosa do misterioso interessante que, na realidade, nada tem para esconder».

E é neste momento da narrativa que Pedro Lima refere que são essas as razões que o levaram a nunca ter aceitado ser convidado dos programas Alta Definição (SIC)e Conta-me como És (TVI). «A vida ensinou-me a estar com naturalidade em realidades muito diferentes. Por isso me sinto sempre tão bem recebido por onde vou passando. Porque sinto que me olham como um dos seus», conclui.

Texto: Raquel Costa

LEIA MAIS

Cláudio Ramos sobre sexo: «Eu preciso muito»

Previsão do tempo para sábado, 10 de agosto

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS