Pedro Fernandes «Não fui almoçar com o Pedro Lima há 2 semanas porque tive medo. Não sei se isso teria mudado alguma coisa…»

Pedro Fernandes mostrou-se emocionado com a perda do amigo e lamentou não ter estado com ele há duas semanas. Além disso, o apresentador alertou para a importância de estarmos atentos aos sinais da depressão e de «estender logo a mão» aqueles que mais precisam.

Pedro Fernandes «Não fui almoçar com o Pedro Lima há 2 semanas porque tive medo. Não sei se isso teria mudado alguma coisa...»

Pedro Fernandes «Não fui almoçar com o Pedro Lima há 2 semanas porque tive medo. Não sei se isso teria mudado alguma coisa…»

Pedro Fernandes mostrou-se emocionado com a perda do amigo e lamentou não ter estado com ele há duas semanas. Além disso, o apresentador alertou para a importância de estarmos atentos aos sinais da depressão e de «estender logo a mão» aqueles que mais precisam.

Pedro Fernandes e Fátima Lopes enfrentaram no passado sábado, 20 de junho, uma emissão de cinco horas poucos momentos após ficarem a saber da trágica morte de Pedro Lima. Durante o programa A Ajuda Não Pode Parar, na TVI, foi feita uma homenagem ao ator e o apresentador emocionou-se. Foi precisamente sobre esse momento que Pedro falou num longo desabafo nas redes sociais.

«Sábado foi um dos dias mais difíceis da minha vida e seguramente o dia mais difícil da minha vida profissional. Nada nos prepara para receber a notícia da morte de um amigo a poucos minutos de irmos para o ar para fazer uma emissão em directo de quase 6 horas», começou por escrever o radialista, numa longo texto partilhado esta segunda-feira no Facebook.

«Temos de estar atentos aos mais pequenos sinais e estender logo a mão»

Veja a notícia completa aqui

Notícia www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS