Nuno Moreira “morreu de repente, no meio de gargalhadas felizes”, revela irmã

Nuno Moreira morreu esta quarta-feira, aos 47 anos. A irmã, Isabel Moreira, dedicou-lhe palavras sentidas em jeito de homenagem. O político e historiador era casado e pai de três filhos.

Nuno Moreira

Nuno Moreira “morreu de repente, no meio de gargalhadas felizes”, revela irmã

Nuno Moreira morreu esta quarta-feira, aos 47 anos. A irmã, Isabel Moreira, dedicou-lhe palavras sentidas em jeito de homenagem. O político e historiador era casado e pai de três filhos.

Isabel Moreira deixou palavras sentidas de homenagem ao irmão, Nuno Moreira. O filho de Adriano Moreira, professor e ex-líder histórico do CDS-PP sucumbiu a um enfarte. Tinha 47 anos. “Ontem, estava a ler um poema que dizia no final que o ‘amor não mata’. Ontem, o meu irmão Nuno, pai de três filhos, casado com a Sofia, feita minha irmã, morreu de repente, no meio de gargalhadas felizes. O Nuno era a definição do amor, o amigo mais amigo, o irmão mais irmão, o preferido de toda a gente, a alegria contagiante, por vezes caricatural, das nossas vidas. Entre nós, sempre o amor”, começa por escrever a deputada da Assembleia da República pelo Partido Socialista.

A maior característica de Nuno Moreira «era a lealdade». «Era violento na lealdade»

“Todos os dias implicava comigo com humor, ele inteiro no CDS, eu inteira no PS. Ele cheio de Fé, eu sem Deus. Entre nós sempre o amor, sempre o humor. Éramos, somos, a prova de que aquele poema é verdade. Éramos, somos, o amor que rebentava em dedicações e cumplicidades desde os dias inteiros de uma infância militante na asneira criativa até ontem de manhã, em que lá estava o bom dia de sempre a todos os irmãos e a promessa de que eu não escaparia a epítetos vários, a mana passionária arco-íris. A maior característica do Nuno era a lealdade. Era violento na lealdade. Não falhava na palavra dada. Nunca Jamais. Hoje voam na frente dos meus olhos todas as imagens desde a infância. Sempre o amor. Sempre o amor. Obrigada, irmão amigo, adorado, leal. Ainda não acredito, porque o amor não mata”, completa.

LEIA DEPOIS
Regresso de Joana e de Andreia ao Big Brother gera revolta: “Devolvam o dinheiro que gastámos”

Nas redes sociais, a página do CDS Lisboa recordou o historiador como “um homem bom, amigo, leal” e ainda “um militante de princípios, respeitoso e um lutador incansável por tudo aquilo em que acreditava. Um homem bom e honesto que a política e a amizade nos deu a conhecer”. Nuno Moreira era casado e pai de três filhos.

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Reprodução redes sociais

LEIA AGORA
Quim Barreiros infetado com covid-19

Impala Instagram


RELACIONADOS