Nereida Gallardo incrédula: «O Gonçalo Quinaz não desejava este filho»

Nereida Gallardo, ex-namorada de Cristiano Ronaldo, acusa Gonçalo Quinaz, pai biológico do seu primeiro filho, de negligência.

Nereida Gallardo incrédula: «O Gonçalo Quinaz não desejava este filho»

Nereida Gallardo, ex-namorada de Cristiano Ronaldo, acusa Gonçalo Quinaz, pai biológico do seu primeiro filho, de negligência.

A polémica entre Nereida Gallardo e Gonçalo Quinaz parece não ter fim, bem como a troca de acusações do ex-casal. E tudo por causa do filho Nairon, de sete anos. Após o tribunal de Palma de Maiorca ter confirmado a adoção do rapaz pelo marido da ex-namorada de Cristiano Ronaldo, Gonçalo Quinaz abriu o coração a vários meios de comunicação social para desabafar.

«Nunca vi adotar uma criança com o pai vivo, eu não fui informado de nada. Como é que uma criança é adotada sem o pai biológico saber?», questionou recentemente em declarações ao site Maria, explicando que tem lutado pelo filho desde que ele nasceu, tendo estado com ele apenas uma vez na vida, quando era bebé.

Gonçalo garante que não sabe por que Nereida Gallardo não o deixa ver o filho e acredita que é maldade. «Dói a qualquer ser humano, nenhum ser humano merece não estar com um filho», sublinha, garantindo que vai continuar a lutar pelo filho.

Recorde-se que Gonçalo Quinaz é ainda pai de Martim, de 15 anos, e de António Salvador, que nasceu a 18 de fevereiro de 2019, fruto da relação com Pamela Augusto.

A defesa de Nereida

Nereida Gallardo mostra-se indiferente às palavras de Quinaz. Para a espanhola, as coisas foram feitas «de forma correta» e «o mais importante é que os direitos da criança estão protegidos».

«Não é agradável, mas estamos tranquilos porque sempre fizemos as coisas certas. Às vezes, nesta história parece que a culpa de o Gonçalo não exercer os seus direitos como pai é minha, mas a verdade é que ele não é o pai legal porque não pediu para exercer os seus direitos quando a lei o protegia [mas apenas quando o filho já tinha cinco anos], não pode ser quando lhe dá na gana… Há prazos e neste caso os prazos já passaram há muito tempo», revela ao Vidas.

Segundo Nereida, Quinaz nunca contribuiu financeiramente «nem para a educação, nem para nada. Quem tomou conta do meu filho, desde o primeiro minuto, foi o meu atual marido, o pai legal do Nairon.» E vai mais longe: «[Quando engravidei], chegou a perguntar-me se era um super-herói, que não era possível… Nessa altura, saí de casa dele e nem sequer veio atrás de mim. Ele não desejava este filho.»

Em relação às queixas do futebolista, que a acusa de nunca o ter deixado ver o filho, a espanhola é pragmática na resposta.

«Essa é uma grande mentira, culpar os outros pela nossa inércia. Ver um filho não é exercer o direito de pai, que é uma coisa que ele devia ter feito desde o primeiro minuto. Se ele disse que eu o impedia, então tinha ido para tribunal, e se lhe tivesse sido dado esse direito, então poderia estar com ele, cumprindo logicamente outras obrigações. Agora, ele não tem direito nenhum sobre a criança. É injusto culpares outra pessoa quando a lei te protege e foste tu que deixaste passar mais de cinco anos desde o nascimento do bebé para ir a tribunal. Agora, a Justiça protege o menor e a sua estabilidade.»

Ameaças e insultos pela família Quinaz

Nas últimas semanas, Nereida confessa que tem recebido inúmeras ameaças e insultos por parte do “ex” e da família deste.

«A verdade é que depois de a Justiça nos ter dado razão começámos a ver publicações ofensivas, mensagens privadas de gente à sua volta, ameaças diretas, a dizer que estão perto de nós, que viram o meu filho sair do portão de casa, etc… Não temos medo, mas estamos preocupados e vamos denunciar todas estas ameaças e insultos», confidencia aquela que se assume «tranquila» por ter a Justiça do seu lado.

 

Texto: Filipa Rosa; Fotos: Instagram e arquivo Impala

 

Impala Instagram


RELACIONADOS