Maria Vieira ataca Fernanda Serrano após vídeo polémico

Maria Vieira não poupou nas críticas a Fernanda Serrano. Esta última lançou farpas ao partido Chega! e acabou sendo severamente julgada pela atriz. “Conhecida por fazer folhetins televisivos de terceira categoria”, escreveu a ‘sirigaita’.

Maria Vieira ataca Fernanda Serrano após vídeo polémico

Maria Vieira ataca Fernanda Serrano após vídeo polémico

Maria Vieira não poupou nas críticas a Fernanda Serrano. Esta última lançou farpas ao partido Chega! e acabou sendo severamente julgada pela atriz. “Conhecida por fazer folhetins televisivos de terceira categoria”, escreveu a ‘sirigaita’.

Fernanda Serrano recorreu ao Instagram para lançar farpas ao Chega. A atriz, que pode ser vista na novela “Quero é Viver“, da TVI, partilhou no InstaStory um vídeo que satiriza o partido e, para isso, contou com a “ajuda” da voz da linha nacional de Saúde. “Bem-vindo ao SNS24. Se testou positivo à covid-19, prima 1. Se está a pensar votar no Chega!, prima uma tomada elétrica com os dedos molhados”, pode ouvir-se na publicação.

Quem não achou piada à brincadeira foi Maria Vieira, apoiante de André Ventura e do partido em questão, que fez questão de reagir no Facebook. “Esta mulher chama-se Fernanda Serrano e é conhecida por fazer folhetins televisivos de terceira categoria. Acontece que recentemente esta fulana resolveu partilhar um vídeo no Instagram onde se ouve a voz da linha nacional de saúde a dizer o seguinte: ‘Bem-vindo ao SNS24. Se testou positivo á covid-19, prima 1. Se está a pensar votar no Chega, prima uma tomada eléctrica com os dedos molhados’. Faço notar que o Chega já é unanimemente considerado como a terceira força política em Portugal e como tal o número de militantes, de simpatizantes e consequentemente de eleitores que votam neste jovem partido se cifra em muitos, mas mesmo muitos milhares de portugueses”, começa por escrever.

“Eis que aparece esta sirigaita a desejar a morte por eletrocussão a essa generosa fatia da população portuguesa”

A também atriz apelida Fernanda Serrano de “sirigaita”. “Eis que aparece esta sirigaita a desejar a morte por eletrocussão a essa generosa fatia da população portuguesa que é Chega e que vai votar no Chega, dando a entender que ela gostaria de executar dessa forma fofinha todos esses portugueses, como se os mesmos tivessem sido condenados à morte num qualquer país onde esse tipo de condenação, que ela certamente repudia, esteja em vigor”, continua.

“É esta gente absolutamente miserável que entra pela casa das pessoas adentro através das pantalhas televisivas (as mesmas pantalhas televisivas que passam a vida a mentir e a tentar prejudicar o Chega e o seu presidente)”, defende, acrescentando ainda: “Fazendo telenovelas deprimentes e idiotas e dando entrevistas em programas não menos idiotas das manhãs e das tardes onde regurgitam pormenores das suas vidas privadas e onde, hipocritamente, manifestam o seu amor fofinho pelo próximo e a sua tolerância por tudo e mais alguma coisa, a não ser que essa coisa não lhes agrade ou não lhes encha o fundo das costas com o dinheiro de quem trabalha”.

Maria Vieira acredita que “esta gente do capeta está aflita, porque sabe que a partir do próximo dia 30 de Janeiro muitas coisas vão mudar em Portugal”. “Entre essas coisas todas que vão mudar, uma delas será certamente o estilo de vida de todos os hipócritas, de todos os parasitas, de todos os inúteis, de todos os incompetentes, de todos os corruptos e de todos os canastrões que há quase 50 anos andam a dar cabo de Portugal! E a toda esta gente eu digo Chega!“, finda.

Texto: Ivan Silva; fotos: redes sociais e Arquivo Impala

 

Impala Instagram


RELACIONADOS