Novas atualizações. Maria Rueff faz cateterismo após enfarte do miocárdio

A atriz continua internada nos Cuidados Intensivos do Hospital de Santa Marta, em Lisboa.

Novas atualizações. Maria Rueff faz cateterismo após enfarte do miocárdio

A atriz continua internada nos Cuidados Intensivos do Hospital de Santa Marta, em Lisboa.

Maria Rueff, de 47 anos, sofreu, esta segunda-feira, 27 de novembro, um enfarte de miocárdio. A atriz continua internada nos Cuidados Intensivos do Hospital de Santa Marta, em Lisboa. «A Maria teve ontem um enfarte e está nos cuidados intensivos mas livre perigo. Fez cateterismo», revela fonte familiar, em exclusivo à TV 7 Dias.

LEIA DEPOIS

Ingestão de refrigerantes eleva «em 50% risco de enfarte»

Maria Rueff chegou ao hospital esta segunda-feira, 26 de novembro, pelas 12h30, e foi imediatamente levada para a unidade de Cuidados Intensivos. Estava acompanhada pelo músico FF que se mostrou visivelmente consternado, enquanto esperava por notícias.

O que é um cateterismo cardíaco?

O cateterismo cardíaco consiste na introdução de um tubo oco dentro de um vaso sanguíneo e que vai até ao coração. Os pacientes não devem ingerir nada durante 4 a 6 horas. A maioria dos pacientes não precisa de passar a noite no hospital, a menos que seja feita a intervenção terapêutica.

Causas do enfarte do miocárdio

O enfarte do miocárdio resulta da interrupção do fluxo de sangue para o coração com consequente morte do tecido não irrigado.
A causa mais comum para esse bloqueio é a aterosclerose. Para esta contribuem factores como a hipertensão arterial, os níveis elevados de colesterol LDL (o «mau» colesterol), a acumulação do aminoácido homocisteína, o tabaco, a diabetes e a inflamação crónica. Noutros casos, o fluxo de sangue ao coração é interrompido por um espasmo numa artéria coronária.

Os principais factores de risco para um enfarte do miocárdio são o tabaco, uma dieta rica em gorduras, a presença de níveis elevados de colesterol LDL, a falta de exercício físico, o excesso de peso, antecedentes familiares de enfarte, diabetes, hipertensão arterial, o stress e o género masculino ou, no caso das mulheres, a menopausa.

LEIA MAIS

Cuidados que deve ter após sofrer um enfarte

Impala Instagram


RELACIONADOS