O adeus arrepiante de Carla Andrino a Maria João Abreu: «Deu-lhe a mão e disse-lhe ‘amo-te’»

Quando Maria João Abreu foi encaminhada para um hospital, Carla Andrino deu a mão à colega e despediu-se dela com um “amo-te”. Não sabiam, mas era a última vez em que estariam juntas.

O adeus arrepiante de Carla Andrino a Maria João Abreu: «Deu-lhe a mão e disse-lhe 'amo-te'»

O adeus arrepiante de Carla Andrino a Maria João Abreu: «Deu-lhe a mão e disse-lhe ‘amo-te’»

Quando Maria João Abreu foi encaminhada para um hospital, Carla Andrino deu a mão à colega e despediu-se dela com um “amo-te”. Não sabiam, mas era a última vez em que estariam juntas.

Passada uma semana sobre a morte de Maria João Abreu, continuam a ser conhecidos detalhes daqueles que viriam a ser os seus últimos dias de vida. Desta vez, são revelados arrepiantes pormenores do momento em que a atriz se sentiu mal nos bastidores de “A Serra“, episódio que veio a conduzir ao desfecho trágico.

Carla Andrino, Dânia Neto e José Mata foram dos primeiros colegas de elenco a encontrar Maria João Abreu. A primeira, conta agora Custódia Gallego, despediu-se de forma tocante, sem saber que iriam ser, de facto, as últimas palavras trocadas com a malograda artista, quando esta foi encaminhada para o hospital. “A Carla contou-me que lhe deu a mão e lhe disse ‘amo-te’”, relata a também atriz da novela da SIC.

Veja a notícia completa aqui

Notícia www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS