Maria Cerqueira Gomes consola Luís Borges em momento de dor profunda

Maria Cerqueira Gomes escreveu apenas uma palavra, mas mostrou o apoio incondicional ao amigo Luís Borges que vive um momento dificíl com a morte de Eduardo Beauté

Maria Cerqueira Gomes consola Luís Borges em momento de dor profunda

Maria Cerqueira Gomes escreveu apenas uma palavra, mas mostrou o apoio incondicional ao amigo Luís Borges que vive um momento dificíl com a morte de Eduardo Beauté

Maria Cerqueira Gomes, amiga próxima de Luís Borges, mostrou, esta segunda-feira, dia 9 de setembro, estar a apoiar o stylist. Depois de o modelo ter anunciado no passado sábado, dia 7 de setembro, a morte do pai dos filhos, Eduardo Beauté, nas redes sociais, a apresentadora consolou-o.

Com uma fotografia bastante cúmplice, onde ambos surgem abraçados, a apresentadora do Você na TV!, da TVI, garantiu estar ao lado de Luís Borges neste momento de dor. «Juntos», escreveu na legenda.

O gesto de companheirismo de Maria Cerqueira Gomes foi muito bem visto aos olhos dos seguidores e vários foram os elogios que «choveram» na caixa de comentários.

«Sempre a apoiar os amigos. Maria, tens um coração de ouro», «assim se mostram os verdadeiros amigos», «uma excelente atitude», «os amigos verdadeiros estão juntos tanto nas horas boas como nas más» e «bonito gesto» são alguns dos exemplos.

Veja a imagem na nossa galeria de fotos.

Futuro dos filhos de Eduardo Beauté deixa amigos preocupados

A morte de Eduardo Beauté, no sábado, dia 7 de setembro, levanta várias questões em relação aos três filhos menores que o cabeleireiro deixou: Bernardo, de nove anos, Lurdes, de sete, e Eduardo, de quatro. Para já, segundo uma fonte ouvida pela nossa revista sabe, «ainda não está definido quem vai ficar com as crianças».

Bernardo é o único cujos tutores legais eram Eduardo Beauté e Luís Borges. Os dois mais novos foram adotados apenas pelo cabeleireiro, por isso, de acordo com um amigo próximo, «há várias possibilidades em cima da mesa.»

«Um dos cenários é que as crianças fiquem com a mãe do Eduardo, pois, perante a morte dele, é a familiar mais próxima. No entanto, o Luís Borges também está a ponderar ficar com os três», diz a mesma fonte, adiantando que uma das preocupações maiores será a de não separar os três irmãos: «O sofrimento pelo desaparecimento do pai já é suficiente… Se eles forem separados, o trauma pode ser muito maior.»

Veja aqui as restantes declarações.

Texto: Joana Dantas Rebelo, Fotos: Impala e reprodução Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS