Maria Botelho Moniz revela o pior de trabalhar com Cláudio Ramos

Maria Botelho Moniz foi desafiada a enumerar os piores aspetos de trabalhar com Cláudio Ramos e a resposta da apresentadora foi franca. A confidência foi feita durante a participação do rosto da TVI na rubrica “Cara Podre”, da RFM.

Maria Botelho Moniz revela o pior de trabalhar com Cláudio Ramos

Maria Botelho Moniz revela o pior de trabalhar com Cláudio Ramos

Maria Botelho Moniz foi desafiada a enumerar os piores aspetos de trabalhar com Cláudio Ramos e a resposta da apresentadora foi franca. A confidência foi feita durante a participação do rosto da TVI na rubrica “Cara Podre”, da RFM.

Maria Botelho Moniz foi a mais recente protagonista da rubrica “Cara Podre“, da RFM. Entrevistada pelos anfitriões do formato, Rodrigo Gomes e Daniel Fontoura, a comunicadora, de 37 anos, foi a desafiada a responder a vários questões do âmbito profissional e até pessoal. Uma delas incidiu sobre qual o pior aspeto de trabalhar com Cláudio Ramos. Os dois apresentadores formam a dupla responsável pela condução do “Dois às 10“, o formato das manhãs da TVI.

“O Cláudio é muito exigente, mas eu também sou”, começa por destacar Maria Botelho Moniz, enquanto reflete sobre a pergunta que lhe foi colocada. “O Cláudio, às vezes, implica com alguns detalhes que têm importância, sim, mas às vezes embica com detalhes a 30 segundos de entrar no ar, e isso às vezes causa alguma turbulência no arranque. Ainda hoje aconteceu”, referindo-se á emissão do “Dois às 10” que foi para o ar nesta quarta-feira, 14 de abril.

Veja a notícia completa aqui

Notícia www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS