Maria Botelho Moniz em lágrimas por reencontrar educadora de infância 32 anos depois

Maria Botelho Moniz não conteve a emoção ao reencontrar, 32 anos depois, a educadora de infância. Zezinha recorda a apresentadora da TVI como uma criança que “sempre foi muito querida” e “especial”.

Maria Botelho Moniz em lágrimas por reencontrar educadora de infância 32 anos depois

Maria Botelho Moniz não conteve a emoção ao reencontrar, 32 anos depois, a educadora de infância. Zezinha recorda a apresentadora da TVI como uma criança que “sempre foi muito querida” e “especial”.

Maria Botelho Moniz fez uma autêntica viagem no tempo na emissão desta terça-feira de Dois às 10. A apresentadora e o colega, Cláudio Ramos, voltaram a ser surpreendidos pela produção do matutino com a entrada em estúdio de uma convidada cuja identidade desconheciam. Mas, desta vez, não era bem assim para a estrela da TVI: mais de 30 anos depois, a comunicadora reencontrou a educadora de infância.

Assim que a mulher se juntou a Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos, a apresentadora afirmou, desconfiada, “conhecer aquela cara”. “Não me digas!”, atirou logo o colega. “Conheço, conheço”, insistiu, enquanto olhava, siderada e de pé, para a convidada. Já sentada, a estrela da TVI perguntou se conhecia a mulher. Esta anuiu. Já o apresentador colocou a mesma questão, mas a resposta foi negativa. “Não a vejo há muitos anos…”, atirou, depois, Maria Botelho Moniz. “Sim”, respondeu a convidada. “Ai, eu sei!”, disparou a apresentadora, enquanto se levantava e lançava um riso nervoso. “Foi minha professora, não foi? Eu era muito pequenina…”

Maria Botelho Moniz tinha 4 anos quando conheceu Zezinha

Apercebendo-se de que se tratava, de facto, da educadora de infância, a anfitriã de Dois às 10 emocionou-se. “Ai, eu vou começar a chorar… Porque eu acho que sei quem é”, repetiu, levando a mão à boca de espanto. “Até acho que sei o nome, mas eu não quero dizer errado…”, prosseguiu. De boca aberta, lá tentou a sorte: “É a Zezinha?” E era mesmo… De lágrimas nos olhos, Maria Botelho Moniz levou novamente as mãos à boca e riu-se de nervosismo. “Foi minha educadora quando era pequenina… Não é possível…”, desabafava, espantada. O reencontro foi selado com um emotivo abraço.

A apresentadora da TVI tinha apenas quatro anos quando, no ano letivo 1988/1989, teve Zezinha como educadora de infância. Foi, portanto, há 32. “Ficou-me sempre na memória. Foi uma aluna especial. Já adulta, todo o percurso pessoal e profissional demonstra o que a Maria é”, refletiu a mulher, reformada desde 2019. Zezinha recorda Maria Botelho Moniz como uma criança que “sempre foi muito querida” e “especial”. “Estive com ela um ano, mas nunca me a esqueci”, garantiu, frisando ter por ela “um grande orgulho”.

Texto: Dúlio Silva; Fotos: reprodução TVI e redes sociais

VEJA AGORA
Atriz de "Malucos do Riso" é candidata nas autárquicas
Atriz de “Malucos do Riso” é candidata nas autárquicas
Maria Tavares, que participou em “Malucos do Riso” e em muitos outros projetos televisivos e teatrais, é candidata à Junta de Freguesia de Medelim, concelho de Idanha-a-Nova, pelo Movimento Para Todos – Mov.PT (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS