Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos dão cadeira de rodas a criança de 2 anos com doença incurável

Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos tiveram mais um gesto generoso. Dupla da TVI vai oferecer uma cadeira de rodas personalizada à pequena Ariel, de dois anos, que tem uma doença incurável. Saiba como ajudar também.

Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos dão cadeira de rodas a criança de 2 anos com doença incurável

Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos tiveram mais um gesto generoso. Dupla da TVI vai oferecer uma cadeira de rodas personalizada à pequena Ariel, de dois anos, que tem uma doença incurável. Saiba como ajudar também.

Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos surpreenderam os pais de uma criança com uma doença incurável com a oferta de uma cadeira de rodas personalizada. “De coração apertado” com a história da família que receberam em estúdio, esta terça-feira, 7 de setembro, os apresentadores do programa “Dois às 10” não hesitaram em abrir os cordões à bolsa com uma surpresa que lhes custará milhares de euros.

Ariel – assim se chama a menina, atualmente com dois anos e meio – sofre de Síndrome de West, “que causa crises de epilepsia e um grande atraso no desenvolvimento motor e intelectual”, segundo a mãe desta, Soraia Moreira. Mas não só. A criança tem também encefalopatia epiléptica, “causada por dois genes” e para a qual “não há cura”. Conclusão: não se senta, não fala e não anda.

O diagnóstico só foi feito cinco meses depois do seu nascimento, quando Ariel teve a primeira crise de epilepsia, conforme a mãe explicou a Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos. “Fomos percebendo que, realmente, a Ariel não fazia as coisas que era suposto um bebé fazer. Os primeiros meses de vida dela, em vez de serem, como se esperavam, um momento de aprendizagem e de felicidade, foram passados entre internamentos e consultas. Até que foi diagnosticada com Síndrome de West. Aí, o nosso mundo começou a desabar”, lamentou. O pai, Antero Tomaz, foi ainda mais gráfico: “Tiraram-nos o chão”. Para o progenitor, o maior sonho “é ver Ariel a andar e a falar”.

A condição da menina obriga-a a fazer sessões diárias de terapia da fala, terapia ocupacional e fisioterapia. Sem comparticipações do Estado, os pais são ajudados através de donativos, nomeadamente nas redes sociais. Por mês, revelaram os progenitores a Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos, gastam entre mil e 1500 euros só em terapias.

O momento da surpresa de Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos

Questionada por Maria Botelho Moniz sobre como a família pode ser ajudada, a mãe de Ariel deixou, desde logo, um agradecimento. E respondeu: “Toda a ajuda é bem-vinda. Além de terapias, há muita coisa de que ela precisa que é caro. É difícil arranjar um carrinho em que ela fique bem. A Ariel tem dois anos e meio e não segura a cabeça nem o tronco.”

“Qual é o carrinho de que ela precisa?”, perguntou Cláudio Ramos. “É um carrinho adaptado”, explicou o pai. E foi então que a surpresa se deu. “Hoje, vá lá buscar o carrinho para a Ariel que eu ofereço-o”, atirou o apresentador, sendo logo interrompido pela amiga com quem conduz “Dois às 10”: “Nós dividimos.”

“Não acredito!”, reagiu logo a mãe da menina, “incrédula” com o gesto dos apresentadores da TVI. “Obrigada!”, agradeceu, acabando por desabafar que a cadeira em questão terá um valor que pode rondar os “três mil, quatro mil euros”. “É tudo muito caro”, lamentou a mãe.

Saiba como pode ajudar Ariel nesta página de Facebook.

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Divulgação TVI

 

Impala Instagram


RELACIONADOS