Manuel Luís Goucha comove-se em homenagem a senhora da plateia que morreu

Manuel Luís Goucha prestou homenagem a Almerinda, presença assídua na plateia do “Você na TV!”, da TVI. O apresentador comoveu-se e assume “sentimento de culpa” por não ter percebido que “ela estava muito mal”.

Manuel Luís Goucha comove-se em homenagem a senhora da plateia que morreu

Manuel Luís Goucha comove-se em homenagem a senhora da plateia que morreu

Manuel Luís Goucha prestou homenagem a Almerinda, presença assídua na plateia do “Você na TV!”, da TVI. O apresentador comoveu-se e assume “sentimento de culpa” por não ter percebido que “ela estava muito mal”.

Manuel Luís Goucha falou da importância do público do “Você na TV!“, na TVI, e relembrou um caso especial, ao ponto de se comover em direto. Almerinda, era presença assídua na plateia do programa e morreu em 2018. O apresentador explica que se sente culpado por não ter percebido o estado de saúde da senhora, que se encontrava frágil.

A estrela da TVI está de saída das manhãs – o último programa é transmitido esta quinta-feira, 31 – e na manhã desta quarta-feira, 30 de dezembro, em conversa com Paula, Sofia e Albertina, três das senhoras que habitualmente fazem parte do público, Goucha não conteve a emoção. “Temos um caso dramático, da nossa Almerinda. Esse toca-me muito particularmente, porque foi horrível. A D. Almerinda vinha ao nosso programa e um dia eu percebi porquê”, começou por contar.

“Ela fazia limpezas aqui perto, na Amadora, às 4 ou 5h da manhã, e vinha a pé para estar aqui a horas. Um dia, ela diz-me assim ‘você sabe porque é que eu venho? Porque a minha mãe gostava muito de si, era sua . Via-o sempre na Praça da Alegria e, quando eu chegava a casa, contava-me tudo aquilo que o Manuel Luís dizia e então eu passei a querer vir para ao pé de si'”.

“Então, esta senhora vinha a pé até às nossas instalações em Queluz de Baixo e depois tinha aquilo que era mais importante para ela, que era a manhã na nossa companhia“, afirmou o apresentador.

O que mais marcou Manuel Luís Goucha nesta história foi o facto de não ter percebido a gravidade do estado de saúde da espetadora. “Ela partiu e nós não percebemos que ela estava muito mal. É o nosso sentimento de culpa. Ela não se queixava. Estava com uma meningite muito grave e nós não percebemos”, disse, emocionado, enviando um beijinho: “Almerinda, é para si”.

«Acho que fui um bocadinho agressivo»

Depois destas palavras de Manuel Luís Goucha, foram mostradas imagens de Cristina Ferreira, no “Você na TV” de 6 de abril de 2018, quando deu a notícia da morte de Almerinda. “Infelizmente temos de dar a notícia que a Almerinda já não está connosco. Acabou de falecer e aqui fica o nosso beijinho e as nossas condolências e obrigada pela alegria que nos trouxe todos os dias”, disse a apresentadora.

Tal como escreve a Nova Gente, três dias depois, a 9 de abril, foi a vez de Goucha falar do assunto. “Hoje, várias vezes, olhei para ali [aponta para o publico] e vejo alguém que fazia parte deste programa, que era a Almerinda”, disse, sublinhando: “Ela não precisava de dinheiro. A Almerinda não vivia na pobreza, a Almerinda vivia bem, sozinha. Ela queria estar aqui por memória da mãe.”

“Adoeceu aqui e nós vimo-la durante 15 dias, mal. Ela ia-se desculpando, dizia que estava com um desarranjo intestinal, alguma coisa que tinha comido, que estava com gripe e era uma meningite bacteriana, disse, não contendo as lágrimas: “Eu até fico um bocadinho incomodado com esta história, porque acho que fui um bocadinho agressivo quando, no último dia, lhe disse ‘não pode estar aqui, tem de pedir ajuda’. E ela entra em coma passado um dia e não saiu do coma.”

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: D.R.

LEIA MAIS
SIC revela novos disfarces do concurso “A Máscara”

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS