Mãe de Diogo Carmona acusa o filho em tribunal: «Apertou-me o pescoço com força»

A mãe de Diogo Carmona esteve no Tribunal de Cascais. O caso de violência doméstica contra o filho já está em marcha. O ator nega as acusações.

Mãe de Diogo Carmona acusa o filho em tribunal: «Apertou-me o pescoço com força»

A mãe de Diogo Carmona esteve no Tribunal de Cascais. O caso de violência doméstica contra o filho já está em marcha. O ator nega as acusações.

O julgamento que coloca frente a frente Diogo Carmona e a mãe e a avó já começou. Patrícia Carmona acusa o filho de violência doméstica e, no Tribunal de Cascais, terá relato episódios em que foi agredida pelo ator. Este terá justificado que, «sempre» que foi «mais agressivo» foi «em resposta a alguma ação» da mãe. A «convivência» entre ambos deteriorou-se em 2015, revelou Patrícia Carmona, citada pela TV Mais. «Foram sempre discordâncias, quando ele era contrariado. Foram-se agravando com o problema da situação financeira, mas os conflitos já existiam antes disso», disse, acrescentando que Diogo a chamava, bem como à avó, de «vaca» e «p***».

«Dizia-nos para irmos para o c******», refere. Em lágrimas, acrescenta a mesma revista, avançou não saber «precisar o número de vezes» que levou «pontapés». «Deu-me estalos, apertou-me o pescoço ou o maxilar com força. Socos, chapadas… Chegou a uma altura em que começou a ser recorrente. Várias vezes saí de casa e dormi no carro com medo dele. Temi pela minha vida várias vezes», enumerou a mãe de Diogo Carmona, declarando que o filho «chegou» a dar-lhe «uma pancada na cara»: «Fiquei a sangrar. A força das agressões era cada vez maior».

«Tudo planeado maleficamente»

Diogo Carmona nega as acusações de agressão e alega que a mãe e a avó urdiram um plano «para serem as vítimas». Não nega, no entanto, as discussões com Patrícia nem que se tenha exaltado, mas justifica-se que estas vezes foram «sempre em resposta a alguma ação» da mãe. «Foi tudo planeado maleficamente. Sempre discuti muito com a minha mãe. (…) Não sou uma pessoa conflituosa. Sou impulsivo, mas estou mais controlado. A minha mãe e a minha avó é que são conflituosas. A minha mãe é que devia estar a ser julgada em tribunal», garantiu o ator. A agente imobiliária voltou a falar dos problemas psicológicos do filho, declarando que estes foram potenciados pelo consumo de cannabis. Patrícia mencionou ainda que Diogo Carmona tentou o suicídio em duas ocasiões.

Diogo acusa a mãe de roubo

Foi em 2018 que Diogo Carmona veio a público acusar a mãe, Patrícia Carmona, de lhe ter roubado o dinheiro que havia ganho como ator ao longo de 15 anos de carreira. Em fevereiro passado, em entrevista a Júlia Pinheiro, o artista recordou que a conta foi aberta quando tinha 5 anos e que, aos 18, quando foi verificar o dinheiro, percebeu que a conta estava vazia. «O fundo em que andei a trabalhar em tanto tempo não estava lá. Isso foi devastador a nível interior. É complicado falar nisto… A família é onde devemos estar seguros. Senti-me desiludido, traído. Depois começaram a haver conflitos. Comecei a ficar mal comigo nem com as pessoas à minha volta por causa daquilo. Isso causou problemas», contou. Recorde-se que, em outubro do ano passado, Carmona foi vítima de um drástico acidente que o fez perder o pé direito. A vida do ator, de 23 anos, mudou completamente quando foi colhido por um comboio na linha de Cascais, tendo sofrido uma amputação.

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: DR

 

Impala Instagram


RELACIONADOS