Luís Figo recorda assalto à casa de Madrid: «Foi uma situação complicada»

Luís Figo recorda o assalto que sofreu em 2016 na moradia em Madrid. O conselheiro da UEFA quebrou o silêncio e revelou que a família estava em casa quando tudo aconteceu.

Luís Figo recorda assalto à casa de Madrid: «Foi uma situação complicada»

Luís Figo recorda o assalto que sofreu em 2016 na moradia em Madrid. O conselheiro da UEFA quebrou o silêncio e revelou que a família estava em casa quando tudo aconteceu.

Na gala dos 20 anos do vinho Malleolus, da Bodega Emilio Moro, no Teatro Real, em Madrid, Luís Figo recordou o assalto que sofreu em 2016 na moradia em Madrid. O conselheiro da UEFA revelou que a família estava em casa quando tudo aconteceu. À Europa Press, o ex-jogador disse: «Acho que é uma coincidência. Há épocas do ano mais propícios, neste caso no Natal e no verão. Pode acontecer a qualquer um, mas acontecendo a jogadores acaba por ser notícia».

LEIA DEPOIS
Idoso mata mulher com dois tiros na cabeça

Bens roubados foram avaliados em meio milhão de euros

«Não percebi quando fui assaltado. Por isso, felizmente, o que perdemos foi apenas bens materiais. Mas estávamos em casa, por isso, era uma situação muito complicada. Felizmente, não reparámos no incidente e acho que foi melhor assim», recordou Figo, adiantando que o facto de a família estar em casa, o que o fez temer pela segurança de todos.

Na altura, foi notícia que o ex-futebolista perdeu relógios e joias avaliados em 500 mil euros. Para entrar na moradia, os assaltantes de Luís Figo e Helen terão escalado a fachada e desativado os alarmes. Mais de um ano depois, os criminosos que pertenciam a um gangue acabaram por ser detidos.

Texto: Mariana de Almeida; Fotos: Impala e reprodução Instagram

LEIA MAIS
Previsão do tempo para esta quinta-feira, 3 de outubro
Luciana Abreu nega guarda partilhada com Daniel Souza

Impala Instagram


RELACIONADOS