Após «puro desespero», Luciana Abreu respira de alívio: «As minha gémeas são um milagre»

Luciana Abreu viveu momentos de grande desespero com Amoor e Valentine, que estiveram em perigo de vida.

Luciana Abreu respira de alívio. Depois de viver momentos de «puro desespero» em que as filhas gémeas lutaram pela vida por serem muito prematuras, a atriz confirmou que as meninas estão de boa saúde e não tem sequelas da prematuridade, algo comum nesta condição.

LEIA MAIS: O que é que Rodrigo Guedes de Carvalho, Luciana Abreu e Cristina Ferreira têm em comum?

A garantia foi dada na entrevista e sessão fotográfica em que mostra o rosto de Amoor e Valentine pela primeira vez. «Tivemos momentos de puro desespero. Na última vez que fomos á Maternidade Alfredo da Costa e em que percebemos que as nossas filhas não ficariam com sequelas da prematuridade, fiz questão de ir mostrá-las às enfermeiras e de ver os bebés que lá estavam», declarou a uma publicação semanal.

Gémeas estão livres de perigo, mas viajam com enfermeiras 

Apesar de serem saudáveis, as gémeas ainda viajam com enfermeiras. A revelação foi dada pela cantora em declarações à imprensa no último concerto que deu na Póvoa de Varzim.

«As gémeas são muito pequenas para estar aqui, mas vieram comigo e estão no hotel com as enfermeiras. O que me deu imensa força, mais do que se tivesse feito este show o ano passado. Consegui concretizar tudo aquilo que tinha idealizado. Saio daqui muito feliz», sublinhou na altura.

Luciana Abreu lança projeto para agradecer milagre: «As minha gémeas são um milagre» 

Devido ao susto que viveu com a gravidez, Luciana Abreu agradece agora a Deus com a sua música. Para isso, lançou um projeto de música gospel: «Toda a minha vida tem sido de trambolhões e nos momentos em que me sinto só, ou os momentos em que me senti só era sempre Ele que estava comigo. Não preciso de me afirmar com o gospel, mas agora sim posso fazer aquilo que eu quero. Há milagres. As minha gémeas são um milagre. A minha gravidez foi algo que aconteceu uma em 10 mil. Foi um espermatozoide que se dividiu em dois e tinham só um cordão. A dada altura aconteceu o que aconteceu porque uma começou a alimentar a outra e já estávamos as três quase a morrer. Então a minha forma de agradecer é levar até às pessoas a fé e a esperança porque acredito em milagres. E canto com toda a minha alma. Sou verdadeiramente feliz a cantar gospel», referiu.

VEJA AINDA: Rita Pereira faz declaração polémica: «A criança é que tem de se adaptar à minha vida»

Fotos: Impala e Reprodução Redes Sociais  

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS