Juntar 40 pessoas em casa no Natal? Eduardo Madeira conta tudo

Eduardo Madeira e a mulher gostam de juntar a família e os amigos em casa para celebrarem juntos o Dia de Natal. “É sempre uma animação”, diz Joana Madeira, também ela atriz e humorista.

Juntar 40 pessoas em casa no Natal? Eduardo Madeira conta tudo

Eduardo Madeira e a mulher gostam de juntar a família e os amigos em casa para celebrarem juntos o Dia de Natal. “É sempre uma animação”, diz Joana Madeira, também ela atriz e humorista.

O Natal de Joana e Eduardo Madeira é sempre uma enorme festa. Literalmente. Com uma família grande e muitos amigos, o casal de atores costuma juntar “muita gente em casa”. “Já tivemos um Natal com 40 e tal pessoas”, recorda o humorista. A logística, nestes dias, “tranquila”. “É a Joana que cozinha para tanta gente, mas tem sempre ajuda”.

“Nós gostamos de ter um Natal com muita gente. Nos últimos dois anos, por causa da pandemia, foi mais complicado, mas é sempre muito divertido”, prossegue Eduardo Madeira. A mulher completa: “É sempre em nossa casa. Os meus pais e os pais do Eduardo vêm sempre. Depois, os amigos mais próximos também aparecem e é sempre uma animação”. Nem o nascimento de Carolina, agora com oito meses, atrapalha os planos do casal, que é ainda pai de Leonor, com sete anos. “É mais uma para juntar a esta grande festa”, reforça Eduardo Madeira, que é ainda pai de um rapaz, Rodrigo, de 20, nascido de um relacionamento passado.

Tudo o que Eduardo Madeira faz em “Festa é Festa” é de improviso

Em “Festa é Festa”, as intervenções de Eduardo Madeira como Matateu são todas feitas na base do improviso. Foi o ator, que faz uma participação especial na novela da TVI, quem contou tudo à NOVA GENTE. A ideia, explicou, partiu de Roberto Pereira, o autor da história baseada numa ideia de Cristina Ferreira.

O pressuposto foi um bocado estranho. O Roberto queria muito que eu fizesse este boneco e eu disse-lhe que não tinha tempo porque estava a fazer uma aposta muito grande nos bonecos para a Cristina [ComVida] e também porque tenho espetáculos e estou a ensaiar uma peça de teatro. Enfim, ando sempre a mil à hora”, começou por dizer Eduardo Madeira ao nosso site.

A ideia surgiu logo de seguida. “Ele acabou por me dizer que ia criar uma personagem que fala aquilo que quiser, que é meio maluco e que não tem texto. Disse para eu mandar uma boca, dizer qualquer coisa. Pensei que iria prejudicar o trabalho dos outros atores, mas tenho andado a conseguir. A coisa tem resultado. Tenho algumas falas, mas a minha participação em ‘Festa é Festa’ é quase sempre na base do improviso”, prosseguiu. Madeira garante que as suas preocupações passam apenas por não prejudicar os colegas que “fazer cenas com piada”, o que se consegue graças à “experiência e à sensibilidade”. “Eu não fiz mais nada na minha vida toda a não ser comédia e estar em palco. Ou seja, confio um bocadinho na minha experiência e na minha capacidade de fazer as coisas”, remata.

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Reprodução Instagram

 

Impala Instagram


RELACIONADOS