José Cid: «Nem sequer são os Grammys Latinos que recebo, é o público português»

José Cid deixa um recado para quem considera que a reforma já lhe devia ter batido à porta. «Quem pensar que eu já devia ter saído, eu digo: ‘Esperem sentados que eu já venho’.»

José Cid: «Nem sequer são os Grammys Latinos que recebo, é o público português»

José Cid: «Nem sequer são os Grammys Latinos que recebo, é o público português»

José Cid deixa um recado para quem considera que a reforma já lhe devia ter batido à porta. «Quem pensar que eu já devia ter saído, eu digo: ‘Esperem sentados que eu já venho’.»

Com 17 anos compôs a primeira canção. Hoje, com 77 anos, orgulha-se das salas de espetáculos que enche e dos fãs fiéis que o ouvem durante mais de duas horas. Para José Cid, o mais importante é o público português, é nele que deposita toda a força para continuar a cantar e encantar. O Grammy Latino vem por acréscimo.

Em conversa com a Nova Gente, na celebração dos 60 anos de carreira de Júlio Isidro, no Casino Estoril, o cantor disse-nos: «A homenagem que tenho nem sequer são os Grammys Latinos que recebo, é o público português que me dá essa homenagem incrível de respeito».

Veja a notícia completa aqui

Notícia www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS