1. HOME >
  2. FAMOSOS >
  3. NACIONAIS

«Há que deixar bem explícito que José Carlos Pereira não é pediatra»

Em conferência de Imprensa, José Carlos Pereira esclarece a nova etapa da sua vida, a de médico.

José Carlos Pereira está finalmente a exercer a profissão para a qual estudou. 20 anos depois, o ator trocou as luzes da ribalta pelos hospitais e já é médico.

A fazer o internato no Hospital de Torres Novas, o nome de José Carlos tem sido motivo de muita conversa e de notícias. Por essa razão, esta sexta-feira, dia 11 de janeiro, a unidade hospitalar deu uma conferência de imprensa. A Nova Gente esteve presente e revela todos os pormenores.

LEIA MAIS: Mulher está em coma há 9 anos devido a erro médico

O ator está a realizar a formação geral, juntamente com 29 colegas. Esta corresponde à primeira parte do internato médico, que tem duração de um ano. No final, os profissionais de saúde são sujeitos a um exame que os permite passar à formação da especialidade.

Aos jornalistas, José Carlos Pereira começa por explicar a razão pela qual decidiu dar uma segunda oportunidade à medicina.

«Eu tive uma carreira de exposição pública durante 20 anos, mas neste momento optei por fazer uma carreira na medicina. Requer um bocadinho de descrição e também alguma privacidade, não só na minha relação com os meus pares médicos mas também com os meus pacientes», começa por afirmar.

O agora médico continua, referindo que «não podia ter sido recebido de melhor maneira» e que não sentiu qualquer tipo de tratamento especial.

Em relação à escolha do hospital, explica que foram várias as razões que o levaram a sair de Lisboa.

«Escolhi Torres Novas por diferentes razões. Eu tinha a certeza que queria sair de Lisboa, não só para fugir à densidade populacional mas também porque sabia que conseguia arranjar alojamento facilmente. Para além disto, tinha boas referências do centro hospitalar. Estou num sítio que fica apenas a uma hora de distância de Lisboa, é super rápido.»

Relativamente à especialidade que vai escolher, depois desta formação, José Carlos afirma que ainda não tem certeza, mas que pretende uma área clínica e não cirúrgica.

«É apenas interno porque não tem formação»

Os profissionais de saúde que estão a fazer a formação geral, tal como José Carlos Pereira, não têm autonomia técnica. Por isso, são supervisionados por um tutor que os acompanha durante todo o processo.

Carlos Gil, membro da administração e responsável pelos recursos humanos do hospital, explica tudo para que não fiquem dúvidas relativas à função do ator.

«O Dr. José Carlos começou o percurso de formação geral pela pediatria, tal como podia ter começado por outra área qualquer. Há que deixar bem explícito que isto não faz dele pediatra, é apenas interno porque não tem formação.»

«No fundo, o Dr. José Carlos não faz consultas nem urgências. Fará apenas o acompanhamento da Dra. Julieta, neste primeiro ano», afirma o responsável.

Carlos Gil faz ainda questão de deixar bem claro que esta é uma formação que pode levar bastante tempo. Segundo o mesmo, pode chegar aos sete anos, visto existirem formações especializadas que duram cerca de seis anos.

LEIA MAIS: Previsão do tempo para sábado, 12 de janeiro de 2019

Texto: Inês Marques Fernandes e André da Silva Carvalho; Fotos: Marco Fonseca

 

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS