João Maneira novamente apaixonado: “É uma princesa”

João Maneira está novamente apaixonado. O ator de “A Serra” tinha terminado uma relação de cinco anos, mas a seta do cupido voltou a acertar no jovem. Sobre a sortuda, diz ser “uma princesa”.

João Maneira novamente apaixonado: “É uma princesa”

João Maneira novamente apaixonado: “É uma princesa”

João Maneira está novamente apaixonado. O ator de “A Serra” tinha terminado uma relação de cinco anos, mas a seta do cupido voltou a acertar no jovem. Sobre a sortuda, diz ser “uma princesa”.

João Maneira está apaixonado. O ator da novela “A Serra”, da SIC, tinha adiantado à revista Maria estar “solteiro”, depois de terminada uma relação de cinco anos, mas agora foi novamente atingido pela seta do cupido. A novidade foi dado pelo próprio durante o programa “Fica Bem“, da SIC Caras.

Questionado por Cláudia Borges sobre o amor, João Maneira confessou que o seu coração já tem dona: “Sim. Não era suposto, mas olha… as coisas acontecem e quando assim é, melhor ainda. Estou a deixar as coisas correrem, mas estou muito bem”.

João Maneira: “Quando o meu coração sente, a cabeça deixa de pensar”

A apresentadora tentou saber quem era a sortuda que tinha conquistado o Fausto de “A Serra”, mas o ator fechou-se em copas. “Não vou dizer ainda. É uma princesa”, afirmou, ao mesmo tempo que afirmou ser muito romântico. Perante isto, revelou ainda que já fez várias loucuras por amor. Exemplo? “Lembro-me de uma vez que fui para perto do Porto… Arranquei simplesmente, sem saber onde ia dormir… Arranjámos um hotel às quatro da manhã, em Espinho… Sempre fui muito impulsivo e quando o meu coração sente, a cabeça deixa de pensar”.

Embora com nova paixão, Cláudia Borges mencionou que ele nunca apagou fotos da ex-namorada do Instagram. João Maneira explica que será sempre uma amiga eterna. “Guardo-a com muito carinho no meu coração e, felizmente, esta menina com quem estou agora é muito bem resolvida nesse assunto. Isto é perfeito”. O ator aproveitou para esclarecer que, sempre que está com alguém não procura saber muito sobre o seu passado. “Só alguma coisa que valha a pena”.

Durante o período de confinamento da covid-19, e quando ainda não tinha namorada, João Maneira viu na mota o seu principal escape. “Fui sempre dar as minhas voltas de mota porque compreendi que a distância social se ia mantendo. Era só parvo ter de estar fechado em casa…”, frisou.

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: Redes sociais e SIC

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS