Ex-mulher de Nicolau Breyner: «Dizia-lhe que tínhamos de morrer os dois num desastre»

Em lágrimas, Mafalda Bessa recordou Nicolau Breyner e como foram os dias que antecederam a morte do ator. Os dois separaram-se por amor.

Ex-mulher de Nicolau Breyner: «Dizia-lhe que tínhamos de morrer os dois num desastre»

Em lágrimas, Mafalda Bessa recordou Nicolau Breyner e como foram os dias que antecederam a morte do ator. Os dois separaram-se por amor.

Mafalda Bessa recorda Nicolau Breyner com quem foi casada 10 anos, numa entrevista a Júlia Pinheiro, na SIC. A mãe de Tiago Teotónio Pereira revela que, três anos depois, ainda não superou a perda e esclarece o motivo de se terem separado. «Não vivíamos juntos quando ele morreu. Ele separou-se por amor, porque o Nico estava sentir-se a envelhecer e achava que eu era uma miúda, aos olhos dele eu era sempre uma miúda. Ele achava que eu tinha de seguir com a minha vida, estava convencido que eu ia arranjar um miúdo», disse Mafalda, de 50 anos. Recorde-se, que se Nicolau Breyner fosse vivo teria 78 anos.

Mafalda conheceu Nicolau quando tinha 14 anos através dos pais e recorda os dias e noites de loucura que o marido e o pai viveram à época. O amor entre os dois só aconteceu quando Mafalda tinha 38 anos depois de um jantar com amigos.

«Há um dia, passados muitos anos, tinha 38 anos, em que eu estava a separar-me do meu segundo marido, fomos jantar com um casal amigo e nós estávamos a desabafar eu do divórcio e ele das 300 mulheres que tinha porque o Nico era assim, sempre umas em cima das outras», ri-se. E continua: «Quem estava connosco disse que estávamos bem era um para o outro. Saímos do jantar e ficamos juntos até ser possível.»

 

Tinham combinado morrer num acidente

A ex-mulher de Nicolau Breyner conta ainda que tinha combinado morrer com Nicolau Breyner num acidente de carro. «Eu nunca quis por essa hipótese, eu dizia que ele não ia morrer. E dizia-lhe que tínhamos de morrer os dois num desastre… afinal ele fez o que quis», afirma.

Ser deixada por amor não a magoou, porque Mafalda achava que tinha tempo para lhe mostrar que ele estava errado. «Acho que ele a certa altura percebeu, tínhamos os dois noção… Algumas pessoas próximas dele disseram-me que ele dizia que íamos ficar juntos. Não aconteceu. Acho que ele não estava feliz. Se ele percebeu ou pensou que ia morrer também pensou que não fazia cá falta nenhuma. Que é uma pena, ele faz muita falta», diz.Três anos depois da morte de Nicolau Breyner, Mafalda ainda não superou a perda e garante que não quer mais ninguém na sua vida.

«Não está resolvido nem nunca vai estar. É uma mistura de ‘só vou estar bem quando estiver ao pé dele’, mas acho que isso não vai acontecer porque nós morremos e morremos. Tenho uma imensa sorte nos filhos, saúde e amigos que tenho, mas falta-me o tudo, que era ele. Aquele abraço de que as pessoas falam…», conta.

Mafalda revela que só Nicolau tinha a capacidade de cuidar dela e que percebia sempre quando ela estava a precisar. «Ele muitas vezes olhava para mim e dizia-me que estava naqueles dias em que queria ser pequenina para me pôr dentro do bolso dele. Falta-me aquele bolso. E se hoje lhe pudesse dizer akguma coisa era isso que dizia: «Deixa-me ir para o teu bolso», diz de lágrimas nos olhos. «O que eu vivi eu não vou viver mais eu já vivi tanto e tão bom que é impossível… nem quero, não existe ninguém, como o Nico. Não quero. Não tenho necessidade nenhuma. Tenho saudades de me rir com

Veja a notícia completa aqui

LEIA MAIS

Previsão do tempo para sábado, 16 de março

Netflix explica tudo o que aconteceu no desaparecimento de Maddie [vídeo]

Atirador transmite em direto ataque em mesquita na Nova Zelândia [vídeo]

Amélia Fialho terá expulsado filha e genro de casa antes de ter sido assassinada

Impala Instagram


RELACIONADOS