«Eu sei que o amas» «Mas tens de seguir em frente»

As dores do coração são, muitas vezes, as que mais doem. Entranham-se no físico… entranham-se na alma. Colocam-nos uma tristeza profunda no peito e um mar de lágrimas no rosto.

«Eu sei que o amas» «Mas tens de seguir em frente»

«Eu sei que o amas» «Mas tens de seguir em frente»

As dores do coração são, muitas vezes, as que mais doem. Entranham-se no físico… entranham-se na alma. Colocam-nos uma tristeza profunda no peito e um mar de lágrimas no rosto.

Dói. Dói muito. Dói como se não houvesse amanhã. E não se esquece. Um desgosto de amor nunca se esquece. Uma história de amor, seja ela de um mês, de um ano ou de uma década, marca-nos.

As histórias de amor devem ser relembradas. Os pequenos e os grandes amores são lições que fazem parte do livro da nossa vida. São capítulos que ou terminam com um “fim”, ou com uma espera pelas cenas dos “próximos capítulos”.

Veja a notícia completa aqui

Notícia www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS